Série B: Rafael Marques terá a missão de substituir Luan no Vasco

Outra mudança para a partida contra o Ceará será a entrada de Jorge Henrique no ataque, Éderson não se recuperou de uma lesão

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 26 - O Vasco enfrenta o Ceará para evitar o maior vexame da sua história. Após ser rebaixado pela terceira vez, o time carioca chega na 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B com a necessidade de vencer para retornar ao grupo da elite nacional. Em caso de derrota ou empate neste sábado, às 17h30, no estádio do Maracanã, no Rio, os vascaínos terão de torcer contra o Náutico para se salvarem.

Com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, o Vasco caiu para a quarta colocação, com 62 pontos. Desde o início da competição, o time está no grupo de acesso, mas pode perder o lugar no momento mais importante do campeonato, caso perca ou empate e o Náutico vença o Oeste, no Recife, no mesmo horário. O Ceará, com 54 pontos, é o nono e não tem mais objetivo na Série B.

Rafael Marques entra na vaga do suspenso Luan
Rafael Marques entra na vaga do suspenso Luan
Durante a semana, a diretoria do clube optou por uma reclusão, em Pinheiral (RJ), que fica 90 quilômetros da capital fluminense. No período, somente jogadores, comissão técnica e dirigentes tiveram acesso ao local. Não houve entrevista de nenhum membro do clube, nem mesmo no retorno ao Rio.

ESCALAÇÃO
Apesar de todo o mistério, o time está definido para a decisão. Com Luan suspenso, o substituto na defesa será Rafael Marques. No ataque, Éderson não se recuperou de lesão muscular e cede a posição para Jorge Henrique, que tem feito más atuações e é alvo de críticas da torcida. Reserva, mas jogador importante no elenco do técnico Jorginho, o lateral-direito Yago Pikachu sofreu o terceiro cartão amarelo e é desfalque.

Apesar de não ter chance de acesso, o Ceará quer dar mais uma decepção ao torcedor vascaíno, que esgotou os mais de 50 mil ingressos à venda para a partida. O time cearense não tem desfalque para o confronto e aposta no centroavante Bill, artilheiro da Série B com 15 gols, dois a mais que o vice-líder Nenê.