Série B: Jorginho deixa o Vasco após mais de um ano a frente do clube

Com 52 anos, ele fez 87 jogos com o cruzmaltino e colecionou 43 vitórias, 26 empates e apenas 18 derrotas

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 28 (AFI) – Jorginho não seguirá como técnico do Vasco para a próxima temporada. Nesta segunda-feira após o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro, o presidente Eurico Miranda convocou uma entrevista coletiva para confirmar a saída do treinador, que terminou no terceiro lugar do nacional. Ele estava no clube desde agosto de 2015, ainda na briga contra o rebaixamento na elite.

Com 52 anos, ele fez 87 jogos com o cruzmaltino e colecionou 43 vitórias, 26 empates e apenas 18 derrotas, com um aproveitamento de 49%. Só em 2016 o treinador foi campeão do Campeonato Carioca em cima do Botafogo, chegou até as oitavas de final da Copa do Brasil e ficou 28 rodadas na liderança do Campeonato Brasileiro, mas acabou ultrapassado pelo Atlético-GO.

Jorginho deixa o Vasco após Série B e mais de um ano a frente do clube
Jorginho deixa o Vasco após Série B e mais de um ano a frente do clube

“Não queríamos fazer parte de uma história ruim, que seria permanecer na segunda divisão. Alívio é grande, momento de gratidão, nunca desisti do meu time. Se pudermos tirar de lição este jogo, a palavra é perseverança. Esperávamos subir com tranquilidade e nossa perseverança fez com que mudássemos a partida no segundo tempo e alcançarmos a vitória”, disse o treinador na sua última entrevista coletiva.

O principal nome para assumir o Vasco é o de Ricardo Gomes, que já treinou o clube em 2011 e recentemente deixou o São Paulo. Ele inclusive enfrentou o cruzmaltino na final do Carioca, defendendo o Botafogo. Já Jorginho volta ao mercado brasileiro em busca de um novo clube. Ele tem no currículo passagens por Goiás, Figueirense, Flamengo e Ponte Preta.