Série B: Eurico Miranda, presidente do Vasco, nega pressão em Jorginho

Por contra dos recentes resultados, o comandante cruzmaltino começou a ter seu trabalho questionado

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 11 - Líder da Série B do Campeonato Brasileiro por 28 rodadas, o Vasco está na segunda colocação nas duas últimas - atrás do Atlético Goianiense -, mas isso não é sinal de preocupação no clube de São Januário. Tanto é que nesta terça-feira o presidente Eurico Miranda veio a público fazer um pronunciamento para garantir que não há qualquer pressão, e sim muita confiança, no trabalho do técnico Jorginho e de sua comissão técnica.

"Vim fazer um pronunciamento. A maioria me conhece, os mais novos talvez não me conheçam direito. Estou vendo muita onda, cada um puxando para o seu lado... Claro que o jornalista vai sempre em cima das suas fontes, das informações que tem, etc. Só vim me referir a uma coisa e vocês podem entender da maneira que quiserem. Mas, com certeza, no Vasco é diferente, comigo é diferente. Aqui não tem pressão, não há pressão de parte nenhuma, não há pressão interna, não há pressão externa, o único que faz pressão sou eu. Só existe pressão da presidência, não tem outro tipo. A diretoria não faz pressão, profissionais não fazem pressão. Podem até fazer, mas não tem qualquer resultado", afirmou Eurico Miranda.

O presidente Eurico Miranda deixou claro que não pretende fazer nenhuma mudança no Vasco
O presidente Eurico Miranda deixou claro que não pretende fazer nenhuma mudança no Vasco
O mandatário do Vasco completou: "Para acabar de uma vez por todas com esse tipo de especulação, repito novamente que não tem pressão. O treinador é o Jorginho. Ele é o treinador da presidência. Não há qualquer possibilidade de alteração nos outros integrantes da comissão técnica. Não tem pressão. Tem muitos assuntos que podem falar aqui no Vasco, mas estão gastando tempo de rádio, espaço na internet e tinta no jornal. Não há pressão. Reafirmo que o único que faz pressão no Vasco sou eu, podem ter as fontes que quiserem. O que acontece na maiorias das vezes é que em muitos clubes tem aquela história de treinador estar prestigiado, mas aqui não tem isso. Quero deixar muito claro que não há a menor possibilidade de qualquer tipo de alteração na comissão técnica".

Nesta terça-feira, os jogadores do Vasco realizaram mais um treinamento visando a partida contra o CRB, neste sábado, no Rio, pela 31.ª rodada. O trabalho contou com a participação de todo o grupo, incluindo o zagueiro e capitão Rodrigo, de volta após ficar uma semana fora por problemas pessoais.