Inglês: Meia da Seleção Inglesa, Dele Alli renova com o Tottenham até 2022

Ele esteve na Eurocopa, na qual foi titular em três das quatro partidas da Inglaterra

por Agência Estado

Campinas, SP, 19 - A ascensão meteórica de Dele Alli na temporada passada e seu protagonismo no Tottenham, a ponto de se tornar peça fundamental na seleção inglesa, foram reconhecidos pelo clube. Nesta terça, o time londrino anunciou que chegou a um acordo para a renovação contratual do jogador até 2022, com um generoso aumento salarial.

Dele Alli despontou para o futebol na temporada passada. Por isso, em janeiro, o Tottenham acertou a renovação de seu contrato por cinco temporadas, com salários de cerca de 25 mil libras (R$ 106,4 mil) por semana. Só que diante do protagonismo estabelecido por ele, o clube o procurou novamente, assinou novo vínculo de seis anos apenas seis meses depois e lhe deu um aumento. O jogador, agora, deve ganhar 55 mil libras por semana (R$ cerca de 234 mil).

Meia da Seleção Inglesa, Dele Alli renova com o Tottenham até 2022
Meia da Seleção Inglesa, Dele Alli renova com o Tottenham até 2022
"Eu estou feliz por estar neste clube e não consigo agradecer o suficiente o técnico (Mauricio Pochettino) e sua equipe por tudo que eles têm feito por mim. Eles têm me apoiado desde que eu assinei com o clube. Espero que haja muita coisa boa ainda por vir", declarou ao site do Tottenham.

Dele Alli foi contratado pelo Tottenham junto ao MK Dons no início de 2015. Ele terminou a temporada emprestado ao pequeno clube inglês antes de chegar ao time londrino, no meio do ano. De promessa, o jogador passou a uma das principais peças da campanha que terminou na terceira colocação do campeonato nacional. O reconhecimento também veio com as convocações para a seleção, inclusive para a Eurocopa, na qual foi titular em três das quatro partidas da Inglaterra.

"Isso (Eurocopa) foi uma loucura e ainda me parece que foi um sonho. Eu preciso continuar tentando melhorar, não posso me deixar levar. Eu tenho que continuar tentando fazer cada ano melhor que o último. Este (2015/2016) será um ano difícil de superar, mas espero que eu consiga", analisou.