Série C: Tombense pode perder "meio time" se avançar ao mata-mata

Titulares, o goleiro Darley, do lateral-direito Gedeilson, do volante Bileu e do atacante Daniel Amorim estão pendurados

por Agência Futebol Interior

Tombos, MG, 16 (AFI) - O Tombense precisa vencer a Portuguesa a qualquer custo para sonhar com vaga à segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série C. Por isso, nem mesmo o grande número de jogadores pendurados fará o técnico Moacir Júnior poupar alguém. Ao todo, serão seis jogadores com dois cartões amarelos no jogo de domingo, às 16 horas, pela última rodada da primeira fase.

Dos seis pendurados, nada menos que quatro são titulares absolutos. Casos do goleiro Darley, do lateral-direito Gedeilson, do volante Bileu e do atacante Daniel Amorim. Apesar do risco de
Moacir Júnior pode ter sérios problemas no Tombense se avançar às quartas
Moacir Júnior pode ter sérios problemas no Tombense se avançar às quartas
ficarem fora de um eventual mata-mata, todos estão confirmados. Reservas, o lateral-direito André Krobel e o zagueiro Alexandre também devem ir para o banco.

Nem só de notícias ruim, contudo, vive o técnico Moacir Júnior. O treinador também contará com um reforço importante. O atacante Alex, que cumpriu suspensão por expulsão na derrota para o Botafogo (1 x 0), está de volta. Tudo indica que ele ganhe a vaga do meia Rodney. O restante do time deve ser o mesmo do jogo passado.

Sexto colocado do Grupo B, com 26 pontos, o Tombense deve ir a campo com a seguinte formação: Darley; Gedeilson, Jorge Luiz, Matheus Lopes e Fernandinho; Bileu, Doriva, Léo Rodrigues e Ewerton Maradona; Daniel Amorim e Alex.