Segundona: Axel se inspira no passado recente para buscar acesso com Taboão da Serra

CATS terá que vencer Portuguesa Santista por dois gols de diferença para ficar com uma das vagas no Paulista A3 de 2017

por Federação Paulista (FPF) - São Paulo

Taboão da Serra, SP, 21 - Na primeira partida da semifinal do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o Taboão da Serra foi derrotado por 1 a 0 pela Portuguesa Santista e terá que vencer por dois gols de diferença no jogo da volta para ficar com uma vaga na final e conquistar o acesso para Série A3 de 2017. O técnico Axel busca inspiração na fase anterior para atingir os objetivos do clube. Ele lamentou o revés sofrido, porém não jogou a toalha e acredita na recuperação do CATS.

“Lamentamos o resultado. Foi um jogo equilibrado, não houve grandes oportunidades. Nossa equipe poderia ter rendido um pouco mais e o que mais lamentamos foi o gol sofrido no final da partida. A situação ficou um pouco mais difícil, mas está dentro das possibilidades”, comentou.

Apesar das dificuldades em vencer o rival em Santos, o treinador taboense se mostrou confiante para o segundo confronto.

Axel se mostrou confiante em busca da classificação (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)
Axel se mostrou confiante em busca da classificação (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)
“A Portuguesa Santista terminou o final de semana com o acesso e irá passar a semana assim também. Vamos buscar o acesso fora de casa, assim como foi contra o Inter de Bebedouro na última fase. Temos atuado bem fora de casa com um alto índice de gols anotados, então vamos buscar nossos objetivos”, explicou.

Com a volta do lateral direito Vinicius e do vice-artilheiro Caio, Axel acredita em um Taboão da Serra mais encorpado no final de semana.

“Sem duvida que a volta desses atletas encorpam mais o time. Vamos estar completos e todos estão bem entrosados. Temos uma força muito boa pelo lado direito”, revelou.

Por fim, Axel pediu cautela e usou a classificação diante da Inter de Bebedouro como inspiração para a decisão de sábado.

“Temos que pensar uma coisa de cada vez. Temos que acreditar e temos capacidade para isso. Contra a Inter, eles tinham a vantagem do empate e com 10 minutos fizeram um gol, então nós tínhamos que fazer dois tentos em 80 minutos. Hoje, precisamos fazer os mesmos dois gols em 90 minutos. Vamos trabalhar focados em fazer um jogo bem consciente para evitarmos tomarmos gol, mas o favoritismo é todo deles”, concluiu.

Portuguesa Santista e Taboão da Serra se enfrentam neste sábado (24), às 10h, no estádio Ulrico Mursa em Santos pela segunda partida da semifinal do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.