Coritiba 1 x 2 Belgrano-ARG - Com público recorde no ano, Coxa tropeça nos Hermanos

O clube paranaense colocou no Couto Pereira mais de 23 mil tocedores, mas não conseguiu o resultado esperado

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 21 (AFI) - O Coritiba bem que tentou, mas acabou sendo derrotado pelo Belgrano por 2 a 1, em partida realizada na noite desta quarta-feira, no Estádio Couto Pereira, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O Coxa ainda desperdiçou uma penalidade

máxima, o que fez sair cabaisbaixo do duelo.

Apesar da derrota, o clube paranaense precisa de uma vitória pelo placar mínimo para avançar à próxima fase do torneio, enquanto o Belgrano joga pelo empate na partida marcada para a próxima quarta-feira, às 21h45, no Estádio Gigante de Alberdi, na Argentina.

PODERIA TER SIDO MELHOR...
Azarão, o Coritiba poderia ter tido uma melhor sorte no primeiro tempo contra o Belgrano. O Coxa saiu atrás no placar, mas desperdiçou inúmeras chances, incluindo, um pênalti cobrado por Kazin. O atacante parou na defesa de Olave. A marca do cal foi assinalada após Leandro chutar a bola na mão do defensor adversário.

Torcida do Coxa comparece em peso, mas resultado não agrada
Torcida do Coxa comparece em peso, mas resultado não agrada

O time argentino foi eficiente e abriu o marcador logo aos três minutos de jogo. Bieler recebeu livre dentro da área e chutou para o fundo das redes. Na frente do placar, o Belgrano recuou e começou a administrar o resultado. O jogo acabou ficando ríspido, com muitas faltas e passes errados.

A torcida, que impulsionou o Coritiba desde antes do duelo, tentava fazer com que a equipe acorasse e buscasse uma reação ainda no primeiro tempo. O Coxa esboçou uma pressão, mas não conseguiu achar o gol de empate.

AINDA DÁ?
O segundo tempo começou com o mesmo panorama da etapa inicial. Aos cinco minutos, após cobrança de falta de Suárez, Luján desviou para ampliar o marcador, jogando um verdadeiro balde de água fria nos torcedores presentes no Estádio Couto Pereira. O Coxa buscava o empate no momento do gol.

De tanto insistir, o Coritiba conseguiu diminuir. Aos 30 minutos, Kazin foi derrubado na área e o árbitro marcou penalidade máxima. Apesar dos pedidos de Wilson, Leandro foi para a cobrança e marcou o primeiro da equipe da casa. Curiosamente, o Coxa fez bem quando o Belgrano vivia o seu melhor momento no duelo.

Após o gol, porém, o jogo caiu de produção. O Coritiba tentou sair em busca do empate, mas o Belgrano se fechou bem e impediu os principais avanços do rival para ir com uma bela vantagem à Argentina.

Ficha Técnica

Fase
Oitavas de Final
Rodada
1ª rodada
Data
21/09/2016
Horário
21h45
Local
Couto Pereira - Curitiba (PR)
Árbitro
Christian Ferreyra (FIFA) - URU

Renda
R$ 662.330,00
Assistentes
Richard Trinidad (FIFA) - URU e Horacio Ferreiro (FIFA) - URU

Público
22 22.950 pagantes
Cartões Amarelos
Coritiba-BRA: Dodô, Nery Bareiro, Alan Santos, Kazim
Belgrano (ARG)-ARG: Lema, Mariano Barbieri

Gols
Coritiba-BRA: Leandro 30' 2T
Belgrano (ARG)-ARG: Bieler 3' 1T, Lujan 5' 2T
Coritiba-BRA
Wilson;
Dodô, Nery, Juninho, Carlinhos;
João Paulo, Alan Santos (César González) e Yan (Iago);
Kazim e Leandro (Evandro).
Técnico: Carpegiani
Belgrano (ARG)-ARG
Juan Carlos Olave;
Sebastián Luna, Cristian Lema, Romero e José Rojas;
Federico Lértora, Farré (Bolatti), Nahuel Luján (Mariano Barbieri), Matías Suárez e Jorge Velázquez;
Claudio Bieler (Gustavo Suárez)
Técnico: Esteban González