Treinamento do Sport é marcado por protestos nesta sexta-feira

Cerca de 100 pessoas foram à Ilha do Retiro e também apoiaram o elenco

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 14 (AFI) - A torcida rubronegra perdeu de vez a paciência com o time do Sport após a goleada sofrida para a Chapecoense, por 3 a 0, na Arena Condá, na última quarta-feira. Nesta sexta, cerca de 100 torcedores foram até a Ilha do Retiro e, apesar de incentivarem o elenco em alguns momentos, protestaram devido a má fase que o Leão vem passando no Campeonato Brasileiro.

Uma parte dos 100 torcedores presentes no treinamento pediram "raça" aos jogadores e tinham como principal alvo o meia Gabriel Xavier, que foi expulso de forma infantil diante da Chapecoense e não vai estar em campo no domingo, quando o Sport faz um confronto direto contra o Vitória, na Ilha do Retiro, pela 31ª rodada.

Expectativa é que a torcida do Sport compareça em grande número no domingo
Expectativa é que a torcida do Sport compareça em grande número no domingo

Enquanto Gabriel Xavier foi bastante criticado, outros jogadores tiveram seus nomes aclamados pelos torcedores rubronegros, como o goleiro Magrão, o zagueiro Ronaldo Alves, os meias Everton Felipe e Diego Souza, e o atacante Rogério. Além deles, quem também mostrou ter moral com a torcida foi o técnico Daniel Paulista, substituto de Oswaldo de Oliveira - acertou com o Corinthians - nessa reta final de Brasileirão.

Ao longo da atividade, parte da torcida gritaram palavras de incentivo ao time rubronegro. Um grupo de mulheres, inclusive, vestidas com a camisa do Leão levaram um faixa com os seguintes dizeres: "Se você aceitar a derrota é só isso que irá conseguir. Se não fosse para te apoiar, eu não te escolheria".

Sem vencer há três jogos - duas derrotas e um empate -, o Sport é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, em 16º lugar, com 34 pontos, um a menos que o Vitória, adversário de domingo. Por se tratar de um confronto direto, a diretoria rubronegra espera um bom público na Ilha do Retiro.