Atletas de elite experimentam benefícios da vitamina D

Treinadores acreditam ter encontrado uma vantagem competitiva em nutriente; Nível ideal no organismo pode reduzir fraturas em 20%

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - Profissionais da elite esportiva mundial de diversos países começaram a monitorar os níveis de vitamina D em atletas de alto desempenho, bem como os benefícios em manter no organismo os níveis recomendáveis da vitamina. Alguns resultados apontam que a deficiência de vitamina D poderia aumentar o risco de lesões nos atletas.

Estudo publicado no American Journal of Sports Medicine, em 2015, concluiu que os níveis de vitamina D estavam significantemente inferiores nos jogadores que sofreram pelo menos uma fratura óssea. Outro estudo, de 2011, apresentado em uma reunião da American Orthopaedic Society for Sports Medicine, encontrou uma associação entre baixos níveis de vitamina D e lesões em atletas.
Atletas de elite experimentam benefícios da vitamina D
Atletas de elite experimentam benefícios da vitamina D

Segundo Maria Fernanda Elias, PHD em Nutrição, que atua na empresa DSM, a vitamina D promove a retenção e a absorção do cálcio nos ossos e, além disso, atua na manutenção do sistema imune e no crescimento celular. Infelizmente, níveis baixos desse nutriente não são exclusividade dos atletas, já que aproximadamente 1 bilhão de pessoas apresentam deficiência de vitamina D em todo o mundo, incluindo 60% dos adolescentes brasileiros e cerca de 30% das crianças mexicanas de 1 a 5 anos, finaliza Maria Fernanda.

Além dos efeitos positivos para o esporte, o índice ideal de vitamina D no organismo pode reduzir o risco de outros problemas de saúde. Pesquisas apontam que uma pessoa com níveis ideais da vitamina podem reduzir em 20% fraturas em ossos, em 20% doenças cardiovasculares, em 25% o diabetes e em 50% a esclerose múltipla.