Paulistão: Rogério Ceni simula futebol americano com dardo de borracha

Além disso, zagueiro Breno trabalhou normalmente ao lado dos seus companheiros no gramado

por Agência Estado

São Paulo, SP, 04 - Aposta de risco do São Paulo para 2017, Rogério Ceni começou o seu trabalho como novo técnico do time de forma curiosa na tarde desta quarta-feira. Em uma atividade que arrancou boas gargalhadas de seus comandados, o treinador promoveu um duelo no qual simulou um jogo de futebol americano, sendo que a tradicional bola oval utilizada na modalidade foi substituída por um dardo de borracha.

Nem um pouco habitual em treinos de times do esporte mais popular do mundo, este treino serviu para descontrair o elenco neste início da temporada. Na atividade, o objetivo era entrar nas áreas de "touchdown" (na qual no futebol americano o jogador pontua ao receber a bola ou entrar com a mesma em mãos dentro deste setor do campo).

Rogério Ceni simula futebol americano com dardo de borracha (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)
Rogério Ceni simula futebol americano com dardo de borracha (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)
O clube também destacou, por meio de nota publicada em seu site oficial, que esse tipo de treino também serviu para "ajudar no condicionamento físico dos jogadores". E, após este curioso treinamento, um outro foi realizado e já com bastante intensidade, no qual os atletas já trabalharam com bola em uma atividade tática em campo reduzido e quatro pequenos gols (dois para cara equipe), sem os goleiros.

No treinamento, Rogério procurou mostrar serviço ao cobrar movimentação e empenho dos atletas, sendo em que outro campo do CT da Barra Funda o preparador de goleiros Haroldo Lamounier e o auxiliar Octávio Ohl acompanhavam os trabalhos em separado realizados pelos arqueiros Denis, Renan Ribeiro, Sidão e Thiago.

BRENO DE VOLTA
Além de divertir o elenco e ao mesmo tempo exibir dedicação dos jogadores já em seu primeiro treino, Ceni teve boas notícias neste início de pré-temporada. Liberado pelo departamento médico após se recuperar de uma cirurgia que serviu para reconstruir o ligamento do joelho direito, operado no ano passado, o zagueiro Breno trabalhou normalmente ao lado dos seus companheiros no gramado.

"Estou muito feliz porque encarei muitas adversidades em 2016. Joguei alguns jogos no início do ano passado, mas infelizmente sentia dores no joelho. Então, tive que realizar a cirurgia. Fiquei triste na época, mas sabia que o procedimento era necessário para resolver o problema. E hoje, felizmente, posso comemorar. Cheguei no estágio que gostaria, passo a passo, e não senti dor. Claro que senti um pouco de receio, mas isso é normal e me senti bem. Estou contente e motivado", festejou o defensor, por meio de declarações reproduzidas pelo site oficial do São Paulo.

Breno voltou (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)
Breno voltou (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)
Depois de chegar a ficar preso na Alemanha - onde defendeu o Bayern de Munique - ao colocar fogo na própria casa e retornar ao São Paulo após longo período longe dos gramados, Breno realizou apenas os três primeiros jogos da temporada de 2016 do time. Esteve em campo somente na vitória sobre o Cerro Porteño (1 a 0) e nos empates com Red Bull Brasil e César Vallejo-PER (ambos por 1 a 1).

Outra boa notícia recebida por Ceni neste seu início de trabalho foi a presença do meia Lucas Fernandes já liberado para trabalhar com os preparadores físicos após ter se recuperado de uma cirurgia no joelho esquerdo que serviu para corrigir uma ruptura no ligamento cruzado anterior. Ele só não pôde trabalhar com os seus companheiros em campo porque ainda se recupera de um problema no ombro esquerdo.