Michel Bastos é mais um problema para o São Paulo tentar administrar

A diretoria se vê em uma sinuca de bico, pois sabe que não pode contar com o jogador, mas também precisa evitar desgastar sua imagem

por Agência Estado

São Paulo, SP, 14 - Como se já não bastasse a luta contra o rebaixamento, o São Paulo tem mais um duro problema para lidar até o fim da temporada: Michel Bastos. O meia parece cada dia mais distante do clube. Entretanto, sua influência na equipe faz com que a diretoria e o técnico Ricardo Gomes tenham muita cautela para lidar com o atleta, que chegou ao clube para ser uma das referências e candidato a ídolo da torcida, mas caiu em descrédito nesta temporada.

Entre os jogadores e comissão técnica, fica claro que o Michel Bastos não está focado e disposto a permanecer no São Paulo. Dois fatores impediram a saída dele recentemente. O alto salário e também a chegada de Marco Aurélio Cunha, que teve uma conversa com o atleta, que demonstrou uma certa empolgação, mas rapidamente voltou a cair de rendimento.

"Tecnicamente, o Michel é um grande jogador, mas ele não quer jogar no São Paulo e o presidente sabe disso. Está assustado, desmotivado, não sabemos ao certo, só que ele não está disposto a ficar. O Ricardo Gomes ainda quer contar com ele, mas sabe que utilizá-lo pode até atrapalhar o time", disse uma pessoa próxima do presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

A confusão com a torcida organizada do São Paulo, no dia 27 de agosto, fez com que ele perdesse ainda mais a vontade de ficar no clube. Na ocasião, torcedores invadiram o CT da Barra Funda e agrediram ele e Wesley.

Uma boa parte dos atletas gosta de Michel Bastos, mas tem também o grupo dos que se incomodam - Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net
Uma boa parte dos atletas gosta de Michel Bastos, mas tem também o grupo dos que se incomodam
E AGORA?
A diretoria são-paulina se vê em uma sinuca de bico, pois sabe que não pode contar com o jogador, mas também precisa evitar desgastar sua imagem, pois isso faria Michel se desvalorizar em uma possível negociação no fim do ano.

O jogador causa opiniões bem distintas entre os jogadores. Uma boa parte dos atletas gosta de Michel Bastos, mas tem também o grupo dos que se incomodam com o jeito de ser e a postura dele no dia a dia. Vale lembrar que, em fevereiro, o zagueiro Lugano chegou a discutir com Michel Bastos por ele ter falado publicamente sobre atraso de salários. Na época, os dois atletas disseram que tudo foi acertado entre eles, mas quem vive no dia a dia do clube nega que a desavença tenha sido totalmente sanada.

NÃO VEM SENDO RELACIONADO
Michel Bastos não foi sequer relacionado para o clássico com o Santos, na quinta-feira, no Pacaembu. O técnico Ricardo Gomes disse que o jogador não estava em boas condições físicas. "Ele depende da parte física, tem muito potencial, mas não está desenvolvendo o que esperamos", afirmou o treinador. Entretanto, o problema não é só esse.

Sem Michel Bastos, o técnico Ricardo Gomes tenta levantar o moral do grupo após a derrota por 1 a 0 para o Santos. O São Paulo volta a campo na segunda-feira, para enfrentar o Fluminense, às 20h, em Edson Passos.