Copa do Brasil: No Sul, São Paulo tenta evitar vexame de ser eliminado por time da Série C

A responsabilidade do time é grande - precisa ganhar por dois gols de diferença para reverter a vantagem de 2 a 1 sobre o Juventude

por Agência Estado

São Paulo, SP, 22 - Na fria Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, o São Paulo tenta nesta quinta-feira, às 21h30, no estádio Alfredo Jaconi, manter viva a única chance de título na temporada e afastar o risco de vexame na Copa do Brasil. A responsabilidade do time é grande - precisa ganhar por dois gols de diferença para reverter a vantagem de 2 a 1 sobre o Juventude e passar às quartas de final do torneio.

O encontro faz o São Paulo rever o responsável pelo início da pior fase da sua recente crise. A derrota para o clube da Série C do Campeonato Brasileiro na ida, no estádio do Morumbi, na capital paulista, há pouco menos de um mês, desencadeou a ira da torcida. Dias depois o CT da Barra Funda acabou invadido por integrantes de torcida organizada e três jogadores foram agredidos.

O momento melhorou em campo nas últimas partidas pelo Brasileirão, mas não o suficiente para garantir à equipe o papel de favorita a reverter a desvantagem. O 12.º colocado na Série A não ganha por dois gols de vantagem como visitante há mais de um ano. A última vitória do São Paulo fora de casa por no mínimo dois gols de diferença foi justamente nas oitavas de final da Copa do Brasil do ano passado.

No Sul, São Paulo tenta evitar vexame de ser eliminado por Juventude, time da Série C
No Sul, São Paulo tenta evitar vexame de ser eliminado por Juventude, time da Série C
Após perder no Morumbi por 2 a 1 para o Ceará, o time foi buscar a classificação em Fortaleza ao fazer 3 a 0. Com a necessidade de marcar gols, o setor ofensivo do time é um dos que mais preocupa o técnico Ricardo Gomes. A equipe tem o quinto pior ataque do Brasileirão.

"O São Paulo tem que conquistar a classificação. Não será fácil, mas precisamos fazer um grande jogo", disse o lateral-direito Bruno.

Em busca do título inédito da Copa do Brasil, o clube do Morumbi jamais foi eliminado na competição por um time da Série C. O maior vexame histórico da equipe para azarões no torneio foi dar adeus em 1990 nas quartas de final para o Criciúma, então na Série B. A preparação para a partida no estádio Alfredo Jaconi teve a baixa do meia Michel Bastos no último treino.

"No momento do chute, o Michel sentiu dores e teve um travamento no joelho esquerdo", explicou o médico do clube, José Sanchez. O jogador não viajou com o elenco.

O último treino teve atenção especial aos pênaltis. Afinal, caso o São Paulo devolva o placar de 2 a 1, a decisão da vaga será nas cobranças decisivas. A atividade foi fechada para a imprensa.

"Todo treino tem uma surpresa, jogada ensaiada, trabalho específico. Ainda mais em uma partida de Copa do Brasil, decisiva. Temos que criar algo para surpreender o Juventude", disse Bruno.

AMBIENTE FESTIVO
O Juventude vive momento de êxtase por ter se classificado no último fim de semana às quartas de final da Série C. O time vai enfrentar o Fortaleza na próxima fase e caso leve a melhor, já terá o acesso garantido.

A vitória sobre o São Paulo no primeiro confronto incentivou a diretoria do Juventude a usar a presença do time paulista na cidade para lançar um novo uniforme. Em uma parceria com a prefeitura de Caxias do Sul, a equipe vai vestir uma camisa alusiva ao Dia da Árvore, comemorado nesta quarta-feira.