'Escorreguei, foi um pecado', lamenta Denis ao comentar falha em derrota tricolor

Em tom de muito mais de falta de sorte, o goleiro chamou de 'pecado' o escorregão que teve dentro da área na jogada do gol atleticano

por Agência Estado

São Paulo, SP, 18 - Denis tem o apoio da torcida do São Paulo, mas não se esquiva de assumir a responsabilidade pela quebra da boa sequência de vitórias do time no Campeonato Brasileiro. Em tom de menos culpa e muito mais de falta de sorte, o goleiro chamou de 'pecado' o escorregão que teve dentro da área na jogada do gol do Atlético-PR, o único da Arena da Baixada na derrota por 1 a 0 neste domingo.

"Escorreguei. É difícil comentar sobre isso. Foi um pecado eu ter escorregado naquele momento", disse o jogador ao comentar a jogada na qual a bola veio da direita, ensaiada em escanteio. No cruzamento, a bola bateu nas costas de Michel Bastos e desviou. Denis tentou dar o impulso para a defesa, mas patinou. "Ainda consegui relar na bola, mas não consegui fazer o corte. O São Paulo não merecia essa derrota", lamentou.

Mas todos no Morumbi sabiam do tamanho da encrenca que era ganhar do Atlético em sua casa. Isso nunca aconteceu desde que a Arena da baixada foi inaugurada, em 1999. Nesse Brasileiro, apenas um time conseguiu os três pontos no estádio, o Palmeiras.

Com a derrota, a 10ª no torneio, o São Paulo estaciona nos 34 pontos e interrompe a sequência de duas vitórias na competição. Ricardo Gomes sonhava em somar ao menos um ponto fora de casa. O gol de Pablo recoloca o Atlético-PR na luta por uma vaga na Libertadores do ano que vem. Com 39 pontos, o time agora terá pela frente o Grêmio na próxima rodada.