Copa São Paulo: Felipinho fala sobre chance de ouro no São Caetano

Jogador conta como competência ao lado de um pouco de sorte o fez crescer na base do São Caetano

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 23 (AFI) - O acaso muitas vezes pode ser crucial na construção de uma carreira, e no futebol não é diferente. O time de juniores do São Caetano possui o exemplo de Felipinho, que será uma das histórias contadas na série intitulada de: Meninos do Azulão, esta que envolverá algumas das promessas do clube para a Copa São Paulo.

Natural de Franco da Rocha, Felipinho chegou ao time do ABC em 2012 para atuar na lateral-direita. No entanto, começou a ganhar mais destaque na última temporada quando uma certa atitude alterou o seu rumo dentro da agremiação.
Felipinho fala sobre chance de ouro no São Caetano (Foto: Fabrício Cortinove)
Felipinho fala sobre chance de ouro no São Caetano (Foto: Fabrício Cortinove)

“No ano passado estava participando dos Jogos Regionais e não fui utilizado na primeira partida. Por causa disso, me coloquei à disposição do professor Marcio Griggio para atuar em qualquer posição. No jogo seguinte, para minha surpresa, fui escalado como titular no ataque. Marquei dois gols e, desde então, estou até hoje jogando nesta posição”, recordou.

A mudança parece que surtiu efeito no futebol do agora atacante. Atuando mais à frente, Felipinho foi uma das atrações da boa campanha realizada pelo Sub-20 do São Caetano no Campeonato Paulista, quando balançou as redes em sete oportunidades e alcançou a terceira colocação entre os artilheiros do clube no estadual.

CHANCE DE OURO
Para os garotos que estão despontando no futebol, participar da Copa São Paulo é uma oportunidade de ouro. Foi assim com tantos craques que deram os primeiros passos no mundo da bola.

Dono de estilo abusado e se inspirando em estrelas do futebol mundial como Cristiano Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Neymar, Felipinho também comentou sobre a oportunidade de jogar pela segunda vez a copinha.

“Participar deste campeonato representa bastante. Não apenas para mim, mas para toda minha família. É um sonho, um objetivo que pretendo conquistar, porém precisa ser passo a passo. Trabalho forte para algum dia, quem sabe, chegar no profissional”, desejou o garoto.