Copa Paulista: Goleiro Saulo avalia participação do Red Bull Brasil na primeira fase

O arqueiro destacou o foco do time na competição, mesmo com a vaga já garantida no Campeonato Brasileiro Série D em 2017

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 22 (AFI) - O Red Bull Brasil conquistou um importante resultado no fim de semana pela Copa Paulista e venceu o XV de Piracicaba por 1 a 0. Com este placar, o Toro Loko garantiu a liderança do Grupo 3, com 26 pontos conquistados.

Um dos responsáveis pela bela campanha realizada na etapa classificatória da disputa foi o goleiro Saulo, que analisou o desempenho do time nos 12 primeiros jogos do campeonato e ainda alertou sobre as dificuldades que podem acontecer na sequência do torneio.

“Nos foi passado o objetivo de terminar em primeiro lugar no grupo e ficamos felizes de alcançá-lo. Mas agora é necessário virar a chave e se preparar para uma nova etapa. Precisamos pregar o maior respeito possível aos próximos adversários, que possuem os mesmos objetivos que os nossos. Não existe adversário fácil. Mas trabalhando de maneira correta, como está sendo feito, temos condições de ir longe na competição”, avaliou.

Na segunda fase da Copa Paulista, o time de Campinas fará parte do Grupo 8. Ao lado do Toro Loko, estão nesta chave as equipes do Votuporanguense, Comercial e Nacional.

FOCO TOTAL
Graças ao acesso conquistado no Campeonato Brasileiro Série D pelo São Bento, que terminou à frente do Red Bull na classificação geral do Paulistão este ano, o time dirigido por Maurício Barbieri garantiu presença na competição em 2017. No entanto, mesmo com esta classificação antecipada ao nacional, Saulo enalteceu o foco total da equipe na busca do título da Copa Paulista.

“De maneira alguma esta classificação muda algo para nós. Tínhamos o objetivo de sermos campeões para disputar a Série D, mas a vaga veio com o acesso do São Bento. Diante disso, queremos nos classificar à Copa do Brasil para termos um calendário melhor no próximo ano. Nossa meta é o título”, afirmou sobre uma das possibilidades ao vencedor do campeonato.

Já sobre a estreia na segunda fase, o goleiro ressaltou os cuidados que precisam ser tomados na partida contra o Nacional.

“Mais um jogo difícil. O Nacional é um time forte jogando em seus domínios. Sabe usar o fator casa para conseguir o resultado. Então, precisamos ser inteligentes e trabalhar bem durante a semana para conseguir a vitória”, contou sobre o duelo, que acontece no próximo sábado (24), às 15h, no Nicolau Alayon.