Apesar da vitória, santistas reconhecem que São Paulo foi superior ao clássico

O Tricolor criou as principais chances de gols, mas o Santos marcou no contra ataque

por Agência Estado

São Paulo, SP, 14 - A opinião entre os jogadores do Santos foi unânime: o São Paulo jogou melhor o clássico desta quinta-feira, no estádio do Pacaembu, na capital paulista, mas o que realmente importou foi a vitória santista no final por 1 a 0. Com os três pontos, o clube da Baixada Santista foi a 54 pontos, na quarta colocação, e segue dois atrás do Atlético Mineiro, o terceiro, que hoje teria uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores.

Apesar de não ter feito uma boa exibição, Santos venceu o clássico diante do São Paulo
Apesar de não ter feito uma boa exibição, Santos venceu o clássico diante do São Paulo
"Tiveram jogos que fomos melhores e acabamos perdendo. Lembrar quando o Figueirense na nossa casa, onde tivemos mais chance e saímos derrotados. Hoje (quinta-feira) a gente conversou bastante que o mais importante é a vitória. Procuramos fazer um grande jogo, mas tem jogo que não dá, como o de hoje, o São Paulo dificultou bastante. Mas fomos eficientes no contra-ataque e matamos a partida", afirmou o zagueiro David Braz em entrevista ainda no gramado do Pacaembu.

"A gente veio com intuito de fazer os três pontos e conseguimos. Claro que eles iam fazer uma pressão. Tivemos dificuldades no finalzinho, mas saímos vitoriosos", disse o também zagueiro Luiz Felipe.

Na próxima rodada, a 31.ª, a equipe santista recebe o Grêmio, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, neste domingo. O lateral-direito Victor Ferraz, que foi substituído com dores no tornozelo, é dúvida. O meia Vitor Bueno, que se recupera de lesão muscular, será reavaliado nesta sexta-feira para saber se pode voltar aos gramados.