Copa do Brasil: Sem priorizar, Dorival deve escalar os titulares do Santos

Treinador afirma que nem tudo são dados científicos na hora de analisar quem pode ou não jogar

por Agência Estado

Santos, SP, 19 - O Santos deve escalar os titulares para tentar uma vaga entre os semifinalistas da Copa do Brasil. O time ganhou do Internacional por 2 a 1 no jogo de ida, na Vila Belmiro, e agora visita o rival nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, para tentar manter a vantagem e avançar na competição. Como as chances de título no Campeonato Brasileiro são remotas, o clube aposta na conquista para fechar o ano com chave de ouro.

Para montar o time, o técnico Dorival Junior confessa que ainda tem uma dúvida. O X da questão é o desgaste físico de alguns atletas como o meia Lucas Lima, por exemplo.

"Por dados científicos, muitos dos que entrariam em campo não poderiam entrar. Há chances grandes de lesões graves. Nem tudo é dado científico. Tenho que transferir isso para o campo e tomar uma decisão", despistou.

DESFALQUES
O principal problema é o ataque. Vitor Bueno, Jean Mota e o argentino Vecchio estão contundidos. Se quiser manter a velocidade, Paulinho e Walterson são as opções. Se preferir fortalecer o meio de campo, as alternativas são Léo Cittadini, Rafael Longuine e Yuri.

Dorival vai utilizar o que tem de melhor conta o Internacional (Foto: : Ivan Storti / Santos)
Dorival vai utilizar o que tem de melhor conta o Internacional (Foto: : Ivan Storti / Santos)
No ano passado, o técnico santista foi bastante criticado quando levou reservas para a reta final do Brasileirão para privilegiar a Copa do Brasil - a equipe acabou derrotada pelo Palmeiras na decisão.

No Internacional, o técnico Celso Roth confirmou as expectativas e mostrou que vai optar por uma escalação alternativa. No treino desta terça-feira, no CT do Parque Gigante, ele armou o time gaúcho com apenas três titulares.

Como esta era a última atividade antes do duelo, a tendência é que a escalação adotada no CT entre em campo na quarta. E ela teve somente três jogadores que vinham sendo titulares nas últimas partidas: o goleiro Danilo Fernandes, o zagueiro Ernando e o meia Alex.

TIME MISTO?
De resto, Celso Roth levará a campo alguns nomes que vêm sendo opções para o segundo tempo, como Eduardo Sasha, e outros que perderam espaço nos últimos tempos e sequer vinham atuando, como o zagueiro Alan Costa e o meia Andrigo. Este último foi destaque do Internacional no primeiro semestre e eleito o melhor jogador do Campeonato Gaúcho antes de cair de rendimento.

A expectativa era de que Valdivia e Ferrareis entrassem como titulares, mas eles treinaram entre os reservas nesta terça-feira e devem ficar no banco. O lateral-direito William, que ainda se recupera dos ferimentos pelo soco dado pelo colega Anderson na semana passada, fez um trabalho separado do grupo.