Copa Paulista: Kleiton Lima faz balanço positivo do Santos B e analisa adversários

Diferente dos outros times que disputam a competição, o Peixe entra em campo com a maioria dos atletas tendo abaixo dos 23 anos

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 21 (AFI) - Após a classificação para a 2ª fase da Copa Paulista, o Santos B já tem definido seu primeiro confronto pelo Grupo 06. O Alvinegro Praiano enfrenta o Bragantino, neste domingo, às 10 horas, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O time santista terminou a primeira fase com 10 partidas, seis vitórias e quatro derrotas, marcando 16 gols e sofrendo 12. A equipe terminou na vice-liderança do Grupo 04.

Diferente dos outros times que disputam a competição, o Santos entra em campo com a maioria dos atletas tendo abaixo dos 23 anos, e, em decorrência disto, o técnico Kleiton Lima faz um bom balança da equipe na primeira fase da Copa Paulista.

“Acho que foi um saldo positivo, pois enfrentamos equipes fortes e tradicionais, com mais experiência que a nossa. Vale lembrar que a Copa Paulista é uma competição profissional, adulta e sem limites de idade, porém nosso time jogou com limitador de idades. De 18 a 22 anos. Pouquíssimos jogadores com idade acima disso. Atletas que jogaram uma competição deste nível pela primeira vez, e, mesmo assim, chegamos a segunda colocação do grupo e nos classificamos. Ficamos apenas atrás do São Caetano, um time que manteve a base. A competição está servindo para mostrar a força do grupo, mas ainda com alguns erros que não podemos cometer. Normal, por ser um time muito jovem e inexperiente”, disse o treinador do Peixe.

Além do Bragantino, o Peixe vai encarara também a Ferroviária e a Catanduvense. Kleiton considera o grupo muito difícil, mas nem por isso acredita que o time santista terá menos chances do que os outros.

“É um grupo bem difícil, vamos pegar times que disputaram a primeira divisão do Paulista, como Ferroviária e Bragantino, com atletas muito bons, times que se preparam já para o Paulista de 2017. Eles não entram apenas para se preparar, mas querem título para entrar numa Copa do Brasil e Brasileiro de Série D. Mas temos um time promissor, com atletas de potencial e temos chances reais de avançar. A Catanduvense consegue bons resultados em casa, time perigoso, quer voltar ao cenário nacional. Será tudo bem complicado.”, finaliza Kleiton.