Dorival, Lucas Lima e presidente do Santos são punidos por polêmica contra Inter

Lucas Lima foi punido pela expulsão na partida, já os outros foram punidos por declarações

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 22 - Toda a polêmica criada com a arbitragem do brasiliense Rodrigo Batista Raposo na derrota para o Internacional por 2 a 1, em Porto Alegre, no último dia 8, rendeu ainda mais dor de cabeça para o Santos. Nesta quarta-feira, em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no Rio, dois jogadores do time - o meia Lucas Lima e o zagueiro Gustavo Henrique -, o técnico Dorival Júnior e o presidente Modesto Roma Júnior foram punidos.

Na partida, Lucas Lima foi expulso ainda no primeiro tempo. O meia santista recebeu dois cartões amarelos por, no entender do árbitro, estar retardando o reinício da partida. Na saída de campo, Gustavo Henrique se irritou com a arbitragem de Rodrigo Batista Raposo e afirmou que ele estava "mal-intencionado".

Por causa desta declaração após a derrota do Santos, Gustavo Henrique foi suspenso por duas partidas. A mesma punição foi dada a Dorival Júnior, que também havia reclamado da arbitragem depois do confronto.

Dorival, Lucas Lima e presidente do Santos são punidos por polêmica contra Inter
Dorival, Lucas Lima e presidente do Santos são punidos por polêmica contra Inter

Já o presidente Modesto Roma Júnior foi suspenso por 90 dias e terá que pagar uma multa de R$ 40 mil. A declaração do mandatário santista depois da partida foi a mais forte em relação à arbitragem. "Peguem os últimos jogos deste cidadão. Sempre o mandante venceu! Quem falou que esse cidadão sabe apitar. O que ele fez não foi severidade. Ele foi com a intenção de fazer o que fez. Quem é o amigo desse cidadão? Quem é o padrinho? Ele é de Brasília, né? Tem um mercadinho lá", afirmou na época.

Nesta quarta-feira, o dirigente santista esteve presente ao julgamento e confirmou o que disse em Porto Alegre. "Colocaram um árbitro que apita pouco. Eu perguntei quem foi o padrinho do Raposo porque ele é aspirante à Fifa e isso tem que ter uma indicação. A arbitragem naquele 8 de setembro foi desastrosa, ruim. Prejudicou naquele jogo e no jogo seguinte... Acho que o Rodrigo Raposo não está preparado para apitar jogos da Série A. Disse e repito que ele tem que estar afastado do futebol".

Todas as punições cabem recurso e o departamento jurídico do Santos tentará efeito suspensivo em todos os casos. Se não conseguir, Gustavo Henrique e Dorival Júnior estarão fora das partidas contra Sport, neste sábado, no Recife, e contra o Atlético Paranaense, no próximo dia 1.º, na Vila Belmiro. Lucas Lima já cumpriu o jogo de suspensão e está livre.