Copa do Brasil: Classificado, Dorival lamenta punição aplicada pelo STJD a santistas

Treinador comentou os casos decorrentes do polêmico jogo com o Internacional, e viu como normal os erros do juiz na partida com o Vasco

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 22 - O Santos não poderá contar com o zagueiro Gustavo Henrique e com o técnico Dorival Júnior para a partida de sábado, contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro. Os dois foram julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e foram punidos com dois jogos de suspensão na quarta-feira.

"O STJD tem de tomar as atitudes que achar conveniente. Mas entendo que os punidos não deveriam ser atletas e treinados. Infelizmente é assim no nosso País. Vamos acompanhar o desenrolar disso até sábado e pensar na melhor formação possível para um jogo difícil e muito importante para a caminhada do Santos", desabafou Dorival.

O meia Lucas Lima também recebeu um gancho, de apenas uma partida, já cumprida. As punições se referem ao duelo entre Internacional e Santos, no Beira-Rio, em 8 de setembro, quando o juiz Rodrigo Raposo deu dois cartões amarelos para Lucas Lima por supostamente estar retardando a partida.

Dorival lamenta punições do STJD a santistas
Dorival lamenta punições do STJD a santistas

DENTRO DA NORMALIDADE...
Na quarta-feira, foi a vez de o Vasco reclamar da arbitragem no duelo com o Santos pela Copa do Brasil. Mas Dorival viu uma situação bem distinta.

"Foram erros normais, que aconteceram também do nosso lado. A diferença é que tivemos a consciência de aproveitar a chance, e o Vasco também teve oportunidade de aproveitar. Foram situações de jogo e não vejo interferência direta no resultado", afirmou

Quem também foi punido foi o presidente santista, Modesto Roma Júnior, por duras críticas à atuação de Rodrigo Raposo. Ele recebeu uma suspensão de 90 dias e terá de pagar uma multa de R$ 40 mil. Para todas as punições cabem recurso e o departamento do Santos deve tentar efeito suspensivo para poder contar com Gustavo Henrique e Dorival no duelo na Ilha do Retiro.

A arbitragem polêmica no Beira-Rio foi bastante criticada, tanto por Gustavo Henrique quanto por Dorival. Após o duelo, a CBF afastou Rodrigo Raposo e o mandou para um período de reciclagem. Mesmo assim, o STJD decidiu punir os santistas pelas críticas.