COPA SP: Diretoria do Rio Preto vai protestar junto a FPF contra arbitragem

Vice-presidente jurídico do clube, José Eduardo Rodrigues destaca que os comentaristas da Sportv analisaram que o árbitro se equivocou

por Oscar Silva -

São José do Rio Preto, SP, 09 (AFI) - A diretoria do Rio Preto 'não engoliu' a eliminação da sua equipe na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os dirigentes entendem que na derrota do Jacarezinho diante do Botafogo, por 2 a 1, em pleno Estádio Anísio Haddad foram prejudicados devido a lambanças da arbitragem.

Segundo analistas que transmitiam a partida pelo canal fechado SporTV, foram dois pênaltis não assinalados e um gol legítimo mau anulado - lances cruciais que culminaram com a eliminação do time da casa.

José Eduardo Rodrigues confirma que o Rio Preto irá protestar junto a FPF
José Eduardo Rodrigues confirma que o Rio Preto irá protestar junto a FPF
A penalidade não marcada e o gol mal anulado foram em um momento da partida em que, o placar registrava 1 a 1. O juiz da partida era Douglas Marques das Flores, formado em 2006, auxiliados por Marcelo Zamian de Barros e Samuel Augusto Vieira Paião.

PROTESTOS
"Vou encaminhar e relatar junto ao quadro de árbitros da Federação Paulista de Futebol (FPF), ainda hoje o que aconteceu com a gente. Por falar em arbitragem, a entidade paulista conta com uma excelente equipe de trabalho e uma das mais sérias do país. Infelizmente, em erros gravíssimos ficamos fora na sequência do campeonato. Aliás, não é sou eu que estou comentando e, sim um grande canal de televisão, que é a SporTV, que acompanhou detalhes e repetiu várias vezes os lances. Eles foram muito felizes na transmissão e principalmente nas suas colocações", disse José Eduardo Rodrigues, vice-presidente jurídico do clube rio-pretense