Rio Claro 1 x 0 Mirassol - Galo dentro, Leão fora

Resultado garantiu o time de Sérgio Guedes na próxima fase e eliminou o de Raul Cabral da Copa Paulista

por Agência Futebol Interior

Rio Claro, SP, 15 (AFI) - O Rio Claro segue vivo na luta pelo título da Copa Paulista. Na tarde deste sábado, o Galo Azul recebeu o Mirassol no estádio Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro, e venceu por 1 a 0, garantindo a manutenção da boa campanha na competição. O jogo foi válido pela sexta e última rodada da Segunda fase.

Com o resultado, o time de Sérgio Guedes garantiu a primeira colocação do Grupo 8, com 13 pontos e avançou. Já o Leão encerrou a sua participação na terceira colocação, com oito pontos ganhos.

O Jogo
Com o público pequeno presente no estádio, o Rio Claro não se animou a sair para o ataque assim que a bola começou a rolar. Os primeiros 20 minutos foram de muito estudo dos times, com o Mirassol trocando bons passes, mas sem evoluir. O Galo Azul, mais esperto, arriscava contra-ataques, e só conseguiu a primeira finalização em uma cobrança de escanteio que Odair Lucas cabeceou nas mãos de Cairo.

O lance serviu para que o a equipe de Sérgio Guedes criasse mais coragem. Aos 32 minutos, Samuel mostrou muita habilidade e deu um passe precioso para Medina. De frente para o gol, o atacante chutou cruzado, mas errou o alvo.

O próximo susto aconteceu apenas aos 42 minutos. Percebendo o goleiro Cairo adiantado, o meia Moisés chutou forte de fora da área, mas o arqueiro do Mirassol conseguiu se recuperar na jogada e espalmou para escanteio.

Quando a partida se encaminhava para o intervalo, o time da casa abriu o placar. Aos 47 minutos, Medina fez grande jogada individual, passou no meio de dois zagueiros e finalizou com precisão para o fundo das redes.

Mirassol melhora
No segundo tempo, o técnico Raul Cabral resolveu colocar o experiente Xuxa em campo e o meia-atacante Nildo. As substituições fizeram bem ao Leão, que passou a sufocar o Rio Claro. Ainda assim, o primeiro lance de perigo foi dos mandantes. Aos 14 minutos, Daniel Bueno arriscou uma bomba da entrada de área, que explodiu na trave.

A resposta do Mirassol veio aos 27 minutos. Depois de boa jogada de Luís Oyama, Nildo ficou de frente para a baliza, mas chutou mascado e facilitou a defesa de Lucas Frigeri.

Quis o destino que a trave mais uma vez atrapalhasse a atuação de Daniel Bueno. Aos 31 minutos, o atacante pegou um rebote e chutou com classe no canto invertido do gol. A bola subiu, explodiu na trave esquerda e não entrou.

Ficha Técnica

Fase
Segunda Fase
Rodada
6ª rodada
Data
15/10/2016
Horário
16h00
Local
Augusto Schmidt - Rio Claro (SP)
Árbitro
Rafael Gomes Felix da Silva

Renda
R$ 5.855,00
Assistentes
Vitor Carmona Metestaine e Risser Jarussi Corrêa

Público
1.094 pagantes
Cartões Amarelos
Rio Claro: João Gabriel
Mirassol: Cleylton, Hélio Monteiro, Ícaro, Luis Oyama

Gols
Rio Claro: Medina 47' 1T
Rio Claro
Lucas Frigeri;
Murilo, Odair Lucas, João Gabriel e Dudu;
Alê, Franco, Moisés (Evandro) e Samuel (Lika);
Medina (Moacir) e Daniel Bueno.

Técnico: Sérgio Guedes
Mirassol
Cairo;
Alex Reinaldo, Cleylton, Hélio Monteiro e Paulo Fernando (Nildo);
Dedé, Cássio Ortega, Luís Oyama e Matheus Gabriel (Ícaro);
Gustavo (Xuxa) e Gabriel Justino.

Técnico: Raul Cabral