Remo é condenado a pagar R$ 55 mil a volante do Paysandu

Em acordo com o TRT, o clube dividirá o pagamento em parcelas de $5 mil e R$ 10 mil para acertar o débito com Ilaílson

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 13 (AFI) - Ainda na ressaca da eliminação da Série C, com direito a briga nos tribunais para tentar um ‘tapetão’ mal-sucedido, o Remo tem uma nova má notícia. Segundo o Jornal O Liberal, o clube terá que pagar R$ 55 mil ao volante Ilaílson.

Hoje no Paysandu, o jogador acionou a Justiça para cobrar R$ 150 mil, mas aceitou receber aproximadamente um terço do valor inicial. Neste semana, o Tribunal Regional do Trabalho articulou o acordo e determinou que o clube pague o jogador.

Hoje no Paysandu, Ilaílson vai receber R$ 55 mil do Remo. (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Hoje no Paysandu, Ilaílson vai receber R$ 55 mil do Remo. (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
O acordo firmado entre as partes prevê o pagamento em parces de R$ 5 e R$ 10 mil. Ilaílson jogou pelo Remo entre as temporadas de 2014 e 2015, após se destacar pelo Paragominas no Campeonato Paraense. No Leão, foram 34 partidas entre estadual, Copa Verde e Série, sem nenhum gol marcado.

Esse não é a primeira vez no ano que o Remo se complica por causa de um ex-jogador. Em maio, o clube foi condenado pelo TRT a pagar mais de R$ 550 mil ao atacante Leandrão, hoje no Vasco. Ele alegou uma série de irregularidades em seus contrato com o clube, como salários atrasado e não pagamento de luvas, férias e 13º.