Corinthians 2 x 0 São Paulo - Timão é campeão da Recopa!

Corinthians já havia vencido o primeiro jogo, por 2 a 1 e garantiu o caneco

por Agência Futebol Interior

O Corinthians é o novo campeão da Recopa Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira, no Pacaembu, em São Paulo, dominando a partida, venceu o São Paulo, por 2 a 0 e garantiu mais um caneco internacional.

São Paulo, SP, 18 (AFI) - O Corinthians derrotou o São Paulo nesta quarta-feira, no Pacaembu, e faturou um dos poucos títulos que faltavam na vitoriosa trajetória do clube nos últimos anos: a Recopa Sul-Americana. Romarinho, no primeiro tempo, e Danilo, no segundo, fizeram os gols que selaram a vitória por 2 a 0. De quebra, além da conquista, o time do Parque São Jorge afundou o rival na crise com o resultado.

Depois das conquistas do Campeonato Brasileiro, em 2011, da Libertadores e do Mundial, em 2012, e do Paulista, em 2013, o Corinthians chegou ao título do torneio que coloca frente à frente os atuais campeões da Libertadores (Corinthians) e da Copa sul-americana (São Paulo). Por outro lado, o rival do Morumbi chegou ao nono jogo consecutivo (oito oficiais) sem vitória e parece não encontrar solução para fugir da má fase.

A próxima tentativa será pelo Campeonato Brasileiro, diante do Cruzeiro, sábado, no Morumbi, onde o São Paulo perdeu as últimas quatro partidas. Já o Corinthians, que também não vive o melhor dos momentos no Brasileirão, conta com o título para tentar a reação. Neste domingo, vai a Curitiba, onde enfrenta o Atlético-PR, no Durival de Britto.

O Corinthians entrou em campo nesta quarta reforçado com as voltas de Danilo e Emerson, recuperados de contusões, enquanto o São Paulo não tinha Jadson, fora por uma lesão no tornozelo. A partida mostraria que o desfalque são-paulino seria muito sentido, já que a equipe teria muita dificuldade para criar jogadas, principalmente pela atuação apagada de Ganso.

A estrela de Romarinho brilhou outra vez. Ele marcou o 1º golDaniel Augusto - Agência Corinthians

Em cima!
O time da casa deixou claro desde o início que a pressão na saída de bola são-paulina seria sua aposta, e teve o primeiro bom momento aos três minutos. Após lançamento da defesa, Romarinho conseguiu o desvio para Guerrero. O peruano dominou bonito, mas furou o chute. Mesmo assim, a bola sobrou para Romarinho, que demorou e perdeu a chance de bater.

Mesmo com os três volantes, o São Paulo tinha dificuldade de sair e foi assim que Edenilson roubou uma bola aos 11 minutos, a sobra ficou com Danilo, que bateu para boa defesa de Rogério Ceni. Na cobrança de escanteio, Guerrero cabeceou no canto, mas sem força, e o goleiro são-paulino voltou a defender.

A única chegada são-paulina no primeiro tempo aconteceu aos 16 minutos, depois que Osvaldo foi buscar o jogo no meio de campo, tabelou com Luis Fabiano e bateu por cima do gol. Aos poucos o Corinthians afrouxou a marcação, mas ainda assim o São Paulo não conseguia criar. Por outro lado, o time da casa também já não levava perigo, porque não conseguia roubar a bola no campo do adversário.

Sem inspiração de ambos os lados, o Corinthians só voltou a levar perigo em lance de bola parada. Aos 34 minutos, Romarinho bateu falta da intermediária, Gil subiu mais que a zaga e desviou. A bola passou raspando o gol de Rogério.

No lance seguinte, o Corinthians voltou a conseguir um roubo de bola e, desta vez, abriu o placar. Aos 35 minutos, Emerson recebeu lançamento perfeito dentro da área, dominou e bateu cruzado para o meio. Guerrero girou e ao chutar foi bloqueado por Rafael Toloi. No rebote, Romarinho chutou travado por Juan, mas ainda assim marcou.

Para fechar o caixão...
Em busca de mais uma opção ofensiva, o São Paulo voltou para o segundo tempo com Aloísio na vaga de Wellington. Mesmo assim, o Corinthians seguia melhor, até que Fábio Santos teve chance inacreditável. Lançado nas costas da defesa, em posição legal, ele avançou sozinho, com Guerrero sozinho no meio. O lateral não só preferiu bater, como tocou fraquinho, em cima de Rogério, que agarrou.

Com a vantagem e o tempo passando, o Corinthians recuou, buscando uma bola para o contra-ataque. Enquanto isso, o São Paulo aproveitava para ficar com a posse, tentando achar um espaço na muralha armada à frente do gol. Nessa batalha, o time do Morumbi quase empatou. Na primeira grande jogada de Ganso, o meia deu lindo lançamento para Aloísio. Em posição legal, o atacante dominou e, sozinho, bateu em cima de Cássio, que fez linda defesa.

Não demoraria para que o Corinthians também tivesse sua chance, mas, dessa vez, não desperdiçasse. Guerrero saiu da área e fez linda jogada, passando entre três marcadores. Então, tocou para Fábio Santos, que cruzou. Danilo subiu mais alto que Rafael Toloi e cabeceou. Rogério Ceni fez grande defesa, mas na sobra o próprio meia marcou, aos 23 minutos. Daí para frente, foi só tocar a bola e esperar o grito de "campeão" da torcida.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
2ª rodada
Data
17/07/2013
Horário
21h50
Local
Estádio do Pacaembu, em, São Paulo (SP) - SP
Árbitro
Paulo César Oliveira (Fifa/SP).

Assistentes
Márcio Santiago (MG) e Fabricio Vilarinho (GO)
Renda
R$ 1.875.887,00

Público
36.294 pagantes (38.050 total)
Corinthians-BRA
Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Guilherme e Danilo; Romarinho (Renato Augusto), Emerson (Ibson) e Guerrero (Alexandre Pato)
Técnico: Tite
São Paulo-BRA
Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rafael Toloi e Juan (Maicon); Denilson, Rodrigo Caio, Wellington (Aloísio) e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano.
Técnico: Paulo Autuori.