Site italiano coloca Clayson, atacante da Ponte Preta, perto da Udinese

Os italianos iriam desembolsar cerca de R$ 5 milhões e emprestar o zagueiro Samir, ex-Flamengo

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 03 (AFI) - Um dos destaques da Ponte Preta na última temporada, Clayson pode ser mais um a deixar o Moisés Lucarelli antes mesmo do Campeonato Paulista começar. De acordo com publicação do site italiano TuttoMercatoweb, a Udinese fez uma proposta e pode anunciar o atacante alvinegro.

A notícia diz que o clube italiano iria desembolsar pouco mais de R$ 5 milhões (1,5 de euros) mais o empréstimo do zagueiro Samir, ex-Flamengo e Hellas Verona-ITA, até junho. O jogador que seria envolvido na negociação também pode atuar como lateral-esquerdo, uma das posições mais carentes do elenco pontepretano após a saída de Reinaldo - Breno Lopes é a única opção.

O atacante Clayson pode trocar a Ponte pela Udinese de acordo com site italiano
O atacante Clayson pode trocar a Ponte pela Udinese de acordo com site italiano
Clayson, de 21 anos, tem contrato com a Ponte Preta até 31 de dezembro de 2019 e suas principais características são a habilidade e a recomposição pelos lados do campo, marcando os laterais adversários. Por conta de suas boas atuações com a camisa da Macaca, o atacante também despertou interesse de Botafogo, Internacional, Vasco da Gama, Palmeiras e Santos.

Revelado pelo União São João, Clayson ganhou projeção pelo Ituano, onde atuou de 2013 a 2015. Após boas atuações pelo Galo de Itu, ele despertou interesse da diretoria alvinegra, que o contratou no segundo semestre do ano passado. Durante esse período, ele disputou 63 partidas e marcou apenas três gols.

SEM ATACANTES?
Caso a saída de Clayson se confirme, a Ponte corre o risco de iniciar 2017 praticamente sem ataque. Isso porque William Pottker também é bastante cobiçado e já despertou interesse de Corinthians, Botafogo, Torino-ITA e futebol chinês. A tendência é que também seja negociado.

Antes dos dois, outros seis atacantes já haviam deixado a Macaca. Com o Brasileirão em andamento, Roger acertou com o Botafogo. Depois, foi a vez de Felipe Azevedo sair para fechar com o Changran United, da Tailândia. Já Zé Roberto foi liberado para fechar com um clube do Paulistão e Léo Cereja foi emprestado ao Osasco Audax. O último a sair foi Rhayner, que irá ao Japão.