Ponte Preta tem duas novas metas para restante da temporada no Brasileirão

Buscar os 51 pontos, marca recorde e conquistada ano passado, e depois até buscar uma inédita vaga na Copa Libertadores

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 18 (AFI) – Aliviada por ter atingido seu principal objetivo dentro do Campeonato Brasileiro, chegar aos 45 pontos e assegurar sua permanência na elite em 2017, a Ponte Preta começar a buscar novas metas para os últimos setes jogos da temporada. Em princípio o time pretende lutar por ultrapassar os 51 pontos, marca recorde e conquistada ano passado, e depois até buscar uma inédita vaga na Copa Libertadores da América.

A segunda-feira foi de folga geral depois de uma semana tensa e positiva, com duas vitórias em casa. Quinta-feira diante do Vitória, por 2 a 0, e domingo contra o Santa Cruz, por 3 a 0. Estes dois resultados tiraram a pressão criada após três derrotas seguidas para Atlético-PR (3 a 0), Atlético-MG (2 a 1) e Cruzeiro (2 a 0).
Ponte Preta somou seis pontos na semana ao vencer Vitória (2 a 0) e Santa Cruz (3 a 0) dentro do Majestoso. Foto: Fábio Leoni
Ponte Preta somou seis pontos na semana ao vencer Vitória (2 a 0) e Santa Cruz (3 a 0) dentro do Majestoso. Foto: Fábio Leoni

A comissão técnica aguarda agora uma posição da diretoria para ver qual a meta para o restante da temporada, mesmo porque já existe um plano em andamento para 2017.

“Vamos sentar com a diretoria e com os jogadores para fazermos as contas e tentar fazer o melhor daqui para a frente. Temos três jogos em casa, mas vamos lutar para pontuar o que der. É difícil, tem times bons brigando, mas prometo para a torcida que até o jogo contra o Coritiba a Ponte vai brigar”, disse o técnico Eduardo Baptista.

NÚMEROS COMO BASE
Ano passado o time fez a melhor campanha dos últimos tempos com 51 pontos. A meta, então, é bater esta marca. Os cálculos apontam que para chegar ao G6 seria necessário atingir 59 pontos, o que seria difícil neste momento com 21 pontos a disputar. Ela precisaria somar mais 14 pontos – quatro vitórias e dois empates.

Fábio Ferreira cumpriu suspensão automática
Fábio Ferreira cumpriu suspensão automática
Mas existe ainda a possibilidade do G6 virar G7, desde que um dos times que brigam pelas primeiras posições também conquista a Copa do Brasil. São os casos do Palmeiras, Atlético-MG e Santos, além de Corinthians e Grêmio que estão perto do G6, respectivamente, em sétimo e oitavo lugares.

ELENCO À DISPOSIÇÃO
A expectativa é positiva porque não existem problemas com jogadores. O zagueiro Fábio Ferreira cumpriu suspensão automática e também passa a ser opção. Entraria no lugar de Douglas Grolli.

A defesa não sofreu nos últimos dois jogos. Não há problemas de contusão ou suspensão e o elenco está praticamente à disposição da comissão técnica para os jogos finais.

Os dois próximos jogos serão disputados fora de casa. O primeiro diante do São Paulo, sábado, no Morumbi, depois em Recife (PE) contra o Sport, na Ilha do Retiro. Só daí pega o Santos em casa, sai com o Internacional, volta para Campinas diante do Fluminense, pega o Botafogo no Rio de Janeiro e fecha o ano em casa contra o Coritiba.