Sem Rhayner, mas com Wendel relacionado, Ponte Preta viaja para Chapecó

E a tarefa da Ponte não nada é fácil, já que o verdão catarinense perdeu apenas duas vezes jogando em casa

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 16 (AFI) – Apesar quatro pontos separam a Ponte Preta do G4 do Campeonato Brasileiro e ainda assim o clima no clube é de serenidade. Pedindo ‘pés no chão’, Eduardo Baptista viajou com o elenco da Macaca para enfrentar a Chapecoense neste domingo, pela 26ª rodada da competição. Vindo de uma vitória por 3 a 0 sobre o Grêmio, o time terá que buscar a vitória na Arena Condá, em Chapecó (SC), a partir das 16 horas.

E a tarefa da Ponte não nada é fácil, já que o verdão catarinense perdeu apenas duas vezes jogando em casa, contra Corinthians e Flamengo. Em 12 oportunidades, foram mais cinco vitórias e cinco empates como mandante. Na nona posição, com 37 pontos, a Chapecoense não vê os campineiros tão distantes, já que o adversário soma 38, na sexta colocação.

A principal novidade que viajou para Santa Catarina foi o atacante Zé Roberto, apresentado na última quinta-feira e já integrado ao restante do elenco. Ele chegou ao estádio Moisés Lucarelli com a transferência do volante Renê Júnior, emprestado ao Bahia até dezembro. Com 23 anos, ele ainda não deve ganhar uma oportunidade no time titular, mas já passa a conhecer os companheiros.

Mas não foi só o reforço que chamou a atenção entre os relacionados de Eduardo Baptista. Recuperado de um desconforto, o volante Wendel também viajou e deve ser titular, mesmo após a boa partida de Matheus Jesus. Por outro lado, o atacante Rhayner foi vetado pelo Departamento Médico e ficou em Campinas para ser acompanhado por Roberto Nishimura.

Com isso, Roger é a primeiro opção da Comissão Técnica, com William Pottker e Clayson mais abertos no gramado. No meio, mesmo com as críticas da torcida, Maycon seguirá no time titular, como já é de costuma do treinador, que evita grandes mudanças. Na zaga, Fábio Ferreira segue ao lado de Douglas Grolli, com Nino Paraíba e Reinaldo nas laterais, completando o setor.

O provável time da Ponte para este sábado conta com Aranha; Nino Paraíba, Douglas Grolli, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor, Wendel e Maycon; Clayson, Roger e William Pottker.