Com um minuto de silêncio pela Chapecoense, Paysandu apresenta Marcelo Chamusca

O novo comandante já iniciou o planejamento com a diretoria bicolor para a próxima temporada

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 01 (AFI) - Com direito a um minuto de silêncio por conta da tragédia envolvendo a Chapecoense, Marcelo Chamusca foi apresentado na tarde desta quinta-feira como novo treinador do Paysandu para a temporada 2017. Ele chega para a vaga deixada por Dado Cavalcanti, que não teve seu contrato rescindido após a Série B do Campeonato Brasileiro.

Vice-campeão da Série C pelo Guarani, Marcelo Chamusca tem 50 anos e passou por Vitória da Conquista, Salgueiro, Fortaleza, Atlético-GO e Sampaio Corrêa. O novo treinador bicolor vai ficar em Belém até sexta-feira e depois será liberado para passar as festas de fim de ano com sua família, retornando no dia 2 de janeiro.

A apresentação de Marcelo Chamusca (ao centro) teve um minuto de silêncio pela Chapecoense - Fernando Torres/Paysandu SC
A apresentação de Marcelo Chamusca (ao centro) teve um minuto de silêncio pela Chapecoense

"Acompanhei vários jogos do Paysandu no primeiro semestre e na Série B. A maioria deles (jogadores) está ficando com meu aval. Assistimos todos os jogos de todas as divisões, já trocamos informações sobre vários nomes, mas existe o que a gente gosta e o que a gente gosta, a questão do perfil financeiro", disse Chamusca.

A diretoria do Paysandu anunciou na última quarta-feira o lateral-esquerdo Willian Simões (ex-Fortaleza) e o meia Diogo Oliveira (ex-Brasil de Pelotas). Já o volante Auremir, que defendeu o Guarani na Série C sob comando de Marcelo Chamusca, também pode chegar.