BOMBA! Técnico deixa time do Paulistão às vesperas do jogo

por Agência Futebol Interior

Guaratinguetá, SP, 01 (AFI) – O treinador Estevão Soares não é mais treinador do Guaratinguetá. A saída de Estevão foi definida na madrugada deste domingo em comum acordo com a diretoria do clube. Na partida deste domingo, contra o Mirassol, o time do Vale será comandado por Givanildo, um dos auxiliares-técnicos.

Veja também:
Verdão vence com gol de ex-bugrino, enquanto Norusca e Bota respiram

“Por volta da meia-noite o Estevão nos procurou e disse que tinha acertado com outro clube e que iria comandar o Guaratinguetá no jogo deste domingo contra o Mirassol e, depois, iria embora. Nós, diretores, entendemos a situação do Estevão mas avaliamos como mais prudente que ele fosse desligado imediatamente e não irá dirigir o time em mais nenhum jogo”, explica o presidente Carlito Arini (foto) ao Portal Futebol Interior.

Pego de surpresa com o pedido de demissão de Estevão Soares, a diretoria do Guaratinguetá já começa a estudar nomes para a seqüência do Campeonato Paulista. A equipe iniciou a competição com Argel (hoje no Caxias-RS) e depois veio Estevão Soares, que fez seis jogos, com dois vitórias, uma derrota no Campeonato Paulista e uma vitória na Copa do Brasil, fazendo cerca de 60% dos pontos disputados. Esteveão deixa o time na 13ª colocação do Campeonato Paulista com onze pontos ganhos.

“Além do jogo deste domingo contra o Mirassol, a gente já viaja na 2ª Feira para jogar no meio-de-semana contra o Caxias pela Copa do Brasi. A idéia é que o novo treinador já assista a partida contra o Mirassol”, explica Carlito Arini, sem falar o nome dos preferidos para assumir o Guaratinguetá.

Junto com Esteveão Soares, deixam o Guaratinguetá o auxiliar Gerson Sodré e o preparador físico Lino Fachini Junior.