Tricolor é o intruso na Seleção FI Caipira. Confira!

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 31 (AFI) – A Seleção da rodada do Futebol Interior traz algumas surpresas. Pela primeira vez, os grandes clubes de São Paulo emplacaram dois atletas no time principal. A vitória por 3 a 1 sobre o Rio Claro fez o Tricolor colocar o volante Hernanes e o meia Jorge Wagner (Charge: Arthur Fujii) entre os escolhidos.


Equipe que também vinha de resultados ruins, o Guarani tem dois jogadores representados na Seleção. O meia Marcinho e o atacante Paulo Santos tiveram boa participação na vitória do Bugre sobre o Marília e garantiram sua vaga.

Para comandar as feras da quinta rodada, o técnico Pintado, que fez o Ituano parar o favorito Palmeiras, de Vanderlei Luxemburgo, com uma simples vitória. E o ex-volante escala a equipe no 4-4-2. Confira os escolhidos dessa semana.


Confira a Seleção FI da 5ª rodada
Goleiro: Renê (Barueri) - Herói da partida contra o Santos, o goleiro fez milagre. Defendeu a polêmica cobrança de pênalti de Rodrigo Tabata e salvou o time de uma derrota ainda no primeiro tempo. Seguro.
Lateral-direito: Alex Silva (Guaratinguetá) - Peça fundamental na ótima campanha do Guará. Não é a toa que o time já empatou em número de pontos com a Ponte Preta. No jogo contra o Paulista, adiado para esta sexta à tarde, seguiu apoiando o ataque, sem descuidar da defesa.
Zagueiro: Tiago Vieira (Bragantino) – Autor do gol que abriu a vitória do Braga sobre a Ponte Preta, foi bem durante todos os 90 minutos de partida e complicou o sistema ofensivo da Macaca, que só foi marcar seu primeiro (e único) gol nos acréscimos.
Zagueiro: Dedimar (Juventus) - Veterano em campo, o zagueiro comandou a defesa do Juventus. Apesar de a equipe ter sofrido dois gols, o zagueirão foi o encarregado de segurar a pressão da Lusa nos minutos finais e o fez, com êxito.

Lateral-esquerdo: Andrezinho (São Caetano) – O canhoto do São Caetano anda fazendo a diferença nas boas partidas de sua equipe. Contra o Corinthians, já havia arrebentado. Agora, na vitória sobre o Noroeste, marcou um belo gol de fora da área e comandou as ações ofensivas. Tem um estilo de jogo muito parecido com o de Léo, bicampeão brasileiro pelo Santos.

Volante: Mário (Bragantino) – Foi soberano no sistema defensivo do Braga, na vitória sobre a líder Ponte Preta. Marcou implacavelmente o camisa 10 adversário, Renato, e cumpriu sua missão com afinco.

Volante: Hernanes (São Paulo) – A convocação à Seleção Brasileira fez bem ao jovem volante. Se por um lado ainda não tinha feito um jogo digno de sua categoria em 2008, desta vez Hernanes voltou a boa fase. Com belos passes e competência na marcação e armação, o camisa 15 deu trabalho a defesa e, no fim, ainda deixou o seu. Bela partida contra o Rio Claro.

Meia: Marcinho (Guarani) – Bela partida, principalmente durante o primeiro tempo. O camisa 10 organizou o time e levou o Bugre à vitória. Um pouco afoito com a bola no pé no segundo tempo, ajudou a equipe movimentando-se sem a pelota.
Meia: Jorge Wagner (São Paulo) - O meia foi decisivo na vitória por 3 a 1 sobre o Rio Claro. Primeiro, fez jogada ensaida na cobrança de escanteio e cruzou na medida para Adriano marcar. Depois, fez um gol espetacular, ao acertar um tirambaço no ângulo, do meio da rua.

Atacante: Paulo Santos (Guarani) – Brigador durante toda a partida, o camisa 9 fez tudo o que seu companheiro de ataque, Cris, não conseguiu. Levou perigo à defesa, finalizou sempre que pôde e marcou o gol da segunda vitória seguida do time no Paulistão.

Atacante: Felipe (Ituano) – No encontro entre a matriz Palmeiras e a filial Ituano, deu a zebra. Repleto de jogadores que passaram pelo Verdão, o Ituano fez 1 a 0 e deu emoção ao campeonato. Destaque da vez, Felipe marcou o único gol da partida, em belo toque de calcanhar.
Técnico: Pintado (Ituano) - Em mais uma partida segura defensivamente, o treinador armou um esquema eficiente no Ituano, e não deu chances para o Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo, que criou, mas não trouxe maiores perigos ao time rubro-negro.