Eduardo Baptista diz que falou com pai e Cuca antes de assumir o Palmeiras

"Ele foi muito solícito, me deu o panorama da equipe, dos jogadores, com informações boas", disse se referindo à Cuca

por Agência Estado

São Paulo, SP, 05 - Eduardo Baptista procurou telefonar para algumas pessoas assim que recebeu o contato da diretoria para ser o novo técnico do Palmeiras. Embora apenas nesta quinta-feira ele tenha sido oficializado, iniciou os trabalhos um mês antes, quando começou a analisar partidas anteriores da equipe e ligou para o pai, Nelsinho Baptista, e o antecessor no cargo, Cuca, para ouvir recomendações de como poderá fazer um bom trabalho no comando do atual campeão brasileiro.

"Quando falei com meu pai, ele ficou muito feliz. Ser escolhido para dirigir o campeão brasileiro é sinal de que fiz coisas boas. Ele está orgulhoso, pediu tranquilidade e confiança no meu trabalho", explicou. Foi o pai dele quem lhe sugeriu trocar o trabalho como preparador físico para virar treinador, por acreditar na capacidade do filho em analisar as partidas.

Nelsinho Baptista dirigiu o Palmeiras entre 1991 e 1992. Desde 2009 ele trabalha no futebol japonês e atualmente dirige o Vissel Kobe. Eduardo Baptista afirma se espelhar no pai principalmente na postura e na forma de conviver com o elenco, ao explicar que gosta de priorizar nas escalações o jogador que está em um melhor momento.

CONVERSA ESPECIAL
O novo técnico do Palmeiras, que tem contrato até o fim da temporada, revelou ter buscado referências com Cuca sobre como trabalhar com o time.

"Ele foi muito solícito, me deu o panorama da equipe, dos jogadores, com informações boas. Foi muito legal. Fiquei contente em ver essa reciprocidade no contato, não houve o que esconder. Os treinadores do futebol brasileiro estão mais unidos", afirmou.

O substituto de Cuca no comando da equipe elogiou o trabalho do antecessor e prometeu que ao menos no início do trabalho, deve manter a formação e o padrão tático utilizado no ano passado. "Tenho que me adaptar às peças humanos que tenho. O Palmeiras dá várias opções de jogo. Em um começo de trabalho, acredito ser importante manter o posicionamento", afirmou.

O primeiro jogo do time em competições oficiais no ano será em 5 de fevereiro, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista, contra o Botafogo de Ribeirão Preto.