Palmeiras joga por título e campanha histórica nos últimos dois jogos

Por vezes criticado pelo estilo de jogo, apelidado de "Cucabol", o time tem sido eficiente nas bolas paradas

por Agência Estado

São Paulo, SP, 22 - A campanha do Palmeiras no Campeonato Brasileiro está perto de outra façanha além do título. Se a conquista precisa somente de um empate para se concretizar, outro feito pode valorizar ainda mais o trabalho do atual elenco. Caso vença as duas partidas restantes, o clube terá o terceiro melhor aproveitamento da história dos pontos corridos, formato adotado na competição desde 2003.

Por vezes criticado pelo estilo de jogo, apelidado de "Cucabol", o time tem sido eficiente nas bolas paradas e regular para se manter na liderança desde junho. O Palmeiras já superou o estigma de não se dar bem em pontos corridos, pois a atual campanha já é a melhor do clube nesse tipo de regulamento. "A verdade é que aprendemos a jogar pelo resultado para sermos campeões. Paramos de ser um time de espetáculo para ser um time que quer ser campeão", disse o técnico Cuca.

O aproveitamento atual de 68% dos pontos pode chegar a 70% se a equipe bater Chapecoense e Vitória nas rodadas finais. Até então, a melhor campanha do Palmeiras na era dos pontos corridos tinha sido de 57% dos pontos conquistados, obtida em 2004 e 2008.

Desde 2003, ano da adoção do atual formato para se indicar o vencedor, somente duas campanhas não podem ser alcançadas pelo Palmeiras em caso de mais duas vitórias nas rodadas finais. A do Cruzeiro, na temporada inaugural dos pontos corridos, teve 72,5% de aproveitamento. O Corinthians, no ano passado, quase bateu a marca, ao chegar a 71%.

A difícil concorrência contra Santos, o segundo colocado, e o Flamengo, o terceiro, dão mais peso aos números atuais. Afinal, o atual aproveitamento dos pontos dos dois maiores perseguidores do Palmeiras neste ano é o maior de um segundo e terceiro lugares da era dos pontos corridos (63 e 62%, respectivamente), empatado com 2012.

Para ser campeão sem depender de outros resultados o time vai precisar de um empate ou contra Chapecoense, neste domingo, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, ou na rodada seguinte contra o Vitória, em Salvador.

Neste returno, o Palmeiras perdeu somente uma partida - para o Santos, na Vila Belmiro. A equipe pode comemorar a conquista mesmo sem vencer as partidas restantes, desde que o Santos não ganhe do Flamengo, no Maracanã, ou do já rebaixado América-MG, pela última rodada, na Vila Belmiro.

ABSOLUTO

Com atuais oito títulos no Brasileirão, o Palmeiras pode nos próximos dias desempatar o placar com o Santos e se tornar o maior vencedor da história com o eneacampeonato. Para protagonistas das conquistas anteriores, os números da atual campanha são expressivos e não permitem questionamentos sobre a qualidade do elenco do técnico Cuca.

"O Palmeiras foi muito regular e eficiente neste Brasileiro. Pode não ser brilhante, mas é competente", elogiou o ex-atacante Leivinha, bicampeão brasileiro pelo Palmeiras em 1972 e em 1973.

Colega de time dele na época, o também ex-atacante César Maluco afirmou que mais importante do que as apresentações em campo, foi a campanha resgatar a história do clube no Campeonato Brasileiro. "O time está muito confiante e certamente vai ficar com título. É fundamental o Palmeiras mostrar para as novas gerações o quanto a nossa tradição é de vitórias", comentou.