Copa do Brasil: Livre de punição, Alecsandro volta ao Palmeiras na Paraíba

Verdão venceu o primeiro confronto por 3 a 0, depois de um primeiro tempo muito ruim

por Agência Estado

São Paulo, SP, 21 - Três meses depois de ser suspenso devido a um falso positivo em exame antidoping, o atacante Alecsandro voltou a ser relacionado pelo técnico Cuca e deverá "reestrear" no jogo desta quarta-feira do Palmeiras contra o Botafogo-PB, às 19h30, no estádio Almeidão, em João Pessoa, pela rodada de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

O Palmeiras venceu o primeiro confronto por 3 a 0, depois de um primeiro tempo ruim. Assim, Cuca optou por dar descanso aos principais titulares e mandar para a Paraíba uma equipe alternativa. O Botafogo-PB tem de fazer quatro gols de diferença ou 3 a 0 para ter pênaltis.

O exame de Alecsandro deu falso positivo para O-Dephenylandarine. Foi detectado na partida contra o Corinthians, pelo Campeonato Paulista, em abril. Ele conseguiu provar que não fez uso da substância e foi inocentado.

Sua pena de dois anos de suspensão foi cancelada graças a uma análise mais criteriosa da Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês). Alecsandro afirmou no programa Bem, Amigos, do SporTV, que sofreu durante o período em que ficou afastado.

Copa do Brasil: Livre de punição, Alecsandro volta ao Palmeiras na Paraíba
Copa do Brasil: Livre de punição, Alecsandro volta ao Palmeiras na Paraíba
"Foi o momento mais difícil da carreira. Tive outros momentos duros, mas esse foi o mais difícil. Chegar em casa e falar para a minha esposa que fui pego no antidoping foi inacreditável".

O atacante deverá começar a partida no banco de reservas, mas com a expectativa de entrar em campo no decorrer da disputa. Cuca resolveu poupar 11 jogadores - os que mais têm atuado na temporada - de olho no confronto deste sábado contra o Coritiba, no estádio Allianz Parque, em São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro.

A equipe lidera a competição e está um ponto à frente do Flamengo. No Botafogo-PB, poucos têm a ilusão da classificação para as quartas de final da competição. Como está na briga pelo acesso à Série B, a equipe também entrará com um time misto.

"O foco principal é a Série C. Queremos brigar pelo acesso. Vamos ter duas decisões em breve, então vamos colocar um time misto para poupar o cansaço e as dores de alguns titulares. Não queremos perder jogadores importantes", disse o técnico Itamar Schülle.

Essa é a primeira vez na história que o clube chega entre as 16 melhores equipes da Copa do Brasil. A partir do próximo dia 30, o time pega o Boa nas quartas de final da Série C. Quem ganhar, sobe. O primeiro jogo será em João Pessoa.