Após vitória sobre Corinthians, Cuca diz temer acomodação no Palmeiras

Após o bom desempenho na sequência "difícil", o treinador teme uma acomodação na sequência contra os times na parte de baixo da tabela

por Agência Estado

São Paulo, SP, 17 - Vitória sobre o Corinthians no Itaquerão, empates com Flamengo e Grêmio e triunfo sobre o São Paulo. A sequência complicada superada pelo Palmeiras levou o técnico Cuca a dizer neste sábado, após a vitória por 2 a 0 sobre o maior rival, no Itaquerão, que teme a acomodação e a falta de concentração no elenco nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. Serão seis jogos seguidos contra equipes que estão na metade de baixo da tabela de classificação.

Segundo Cuca, o trabalho do treinador é muito mais difícil para partidas teoricamente mais fáceis, pois em clássicos o elenco costuma se mobilizar e buscar a concentração automaticamente. "Em jogos que não são tão grandes, você não consegue tanta concentração. Agora a minha meta é buscar isso jogo a jogo. Cada partida será uma decisão. O mais positivo é que não estamos tomando gol fora de casa", afirmou.
Após vitória sobre Corinthians, Cuca diz temer acomodação no Palmeiras
Após vitória sobre Corinthians, Cuca diz temer acomodação no Palmeiras

No meio de semana, a equipe vai para João Pessoa enfrentar o Botafogo-PB, pela Copa do Brasil - venceu o jogo de ida das oitavas de final por 3 a 0 -, para depois iniciar uma sequência de partidas contra adversários que lutam contra o rebaixamento. O primeiro será o Coritiba, no Allianz Parque, para depois visitar o Santa Cruz e o América-MG. Na sequência, recebe o Cruzeiro, pega o Figueirense em Florianópolis e o Sport em São Paulo.

"É uma sequência perigosa. O torcedor pensa que a gente não pode perder pontos. Então, promete ser mais difícil e duro. Vai ser preciso ter um nível de concentração alto", afirmou o treinador. Cuca e o Palmeiras defende uma invencibilidade de nove rodadas no Campeonato Brasileiro. A última derrota foi para o Botafogo, por 3 a 1, em 31 de julho.

O técnico pediu que a torcida compreenda que nos próximos jogos no Allianz Parque será preciso ter calma, para não transmitir ansiedade aos jogadores em campo. "Precisamos da compreensão do torcedor. Tem que ter paciência para deixar os jogadores criarem as jogadas contra times retrancados. Contra o Corinthians, usamos a velocidade, em casa, temos que comandar o jogo. É diferente", explicou.