Tênis: Número 1 do mundo, Kerber perde para Svitolina nas quartas de final em Brisbane

A ucraniana foi a única tenista a vencer a alemã e, a norte-americana Serena Williams em 2016

por Agência Estado

Campinas, SP, 05 - Após um brilhante ano de 2016, a alemã Angelique Kerber começou 2017 de modo bem diferente. Nesta quinta-feira, a número 1 do mundo foi eliminada nas quartas de final do Torneio de Brisbane ao perder para a ucraniana Elina Svitolina, a 14ª colocada no ranking da WTA, por 6/4, 3/6 e 6/3, em 1 hora e 57 minutos.

Em 2016, Kerber alcançou a final em Brisbane e aperfeiçoou o seu desempenho para vencer o Aberto da Austrália, onde bateu Serena Williams para conquistar seu primeiro título de Grand Slam. Ela também foi finalista de Wimbledon e dos Jogos Olímpicos do Rio antes de ser campeã do US Open, fechando a temporada como número 1 do mundo após ultrapassar a norte-americana.

Elina Svitolina eliminou Kerber em Brisbane
Elina Svitolina eliminou Kerber em Brisbane
Depois de ficar de bye na primeira rodada, Kerber teve dificuldades com seu saque e cometeu nove duplas faltas na sua vitória em três sets sobre a convidada australiana Ashleigh Barty na sua estreia. Contra Svitolina, a canhota alemã cometeu cinco duplas faltas, pareceu reagir após vencer o segundo set, mas não foi consistente o suficiente, terminando o duelo com 48 erros não-forçados contra 39 winners.

INCRÍVEL
Svitolina foi a única tenista a vencer Kerber e Serena em 2016, batendo a alemã em Pequim e a norte-americana na Olimpíada. A ucraniana agora está em desvantagem de 5 a 4 no confronto direto com a número 1 do mundo, mas ganhou os últimos dois duelos.

Nas semifinais, ela vai enfrentar a checa Karolina Pliskova, finalista do US Open do ano passado e número 6 do mundo, que nesta quinta-feira bateu a italiana Roberta Vinci, 18ª colocada no ranking, por 3/6, 6/2 e 6/2.

Campeã de Roland Garros, a espanhola Garbiñe Muguruza, número sete do mundo, derrotou a russa Svetlana Kuznetsova, nona colocada no ranking, por 7/5 e 6/4. Sua rival nas semifinais vai ser a francesa Alize Cornet, 41ª colocada no ranking, que surpreendeu ao fazer 6/3 e 7/5 na eslovaca Dominika Cibulkova, a número 5 do mundo.