Tênis: Brasil amarga dia de derrotas no qualifying do Aberto da Austrália

Guilherme Clezar, Paula Gonçalves e Teliana Pereira deram adeus ao sonho de ingressar na chave principal

por Agência Estado

Campinas, SP, 13 - Todos os tenistas brasileiros que foram para a quadra nesta sexta-feira nas chaves masculina e feminina de simples do qualifying do Aberto da Austrália acabaram sendo derrotados. Entre os homens, o gaúcho Guilherme Clezar foi superado pelo francês Julien Benneteau, atual 138º colocado do ranking mundial, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/0, em apenas 66 minutos de confronto.

Hoje na 226ª posição da ATP, Clezar não conseguiu segurar o experiente adversário, que já figurou como 25º do ranking, neste duelo válido pela segunda rodada do qualificatório para a chave principal do Grand Slam. Antes disso, o brasileiro havia estreado neste estágio de qualificação para competição em Melbourne derrotando o croata Kristijan Mesaros, 243º da ATP, por 6/2 e 6/1.

Na partida desta sexta, Clezar só conseguiu dar um pouco de trabalho a Benneteau no primeiro set, no qual chegou a quebrar o saque do francês por uma vez. Entretanto, o 26º cabeça de chave do qualifying converteu cinco de seis break points para liquidar rapidamente a partida, que ele fechou com um "pneu" ao aplicar um humilhante 6/0.

Guilherme Clezar não avançou no qualifying do Aberto da Austrália
Guilherme Clezar não avançou no qualifying do Aberto da Austrália
Com a eliminação de Clezar, o Brasil agora conta com apenas um tenista vivo no qualifying do Aberto da Austrália. Trata-se de André Ghem, 219º colocado do ranking mundial, que está a uma vitória de ingressar na chave principal. Após estrear superando o compatriota João Souza, na última quinta-feira ele passou pelo japonês Yuka Kibi para avançar à rodada final do qualificatório.

Para conquistar pela primeira vez uma vaga na chave principal de um Grand Slam em sua carreira, Ghem precisará superar neste sábado o italiano Thomas Fabbiano, o número 143 do mundo, de quem perdeu no único duelo anterior entre os dois, no Challenger de Biella, na Itália, em 2015.

Hoje integrantes do Top 100 do ranking, os brasileiros Thomaz Bellucci (62º da ATP), Thiago Monteiro (83º) e Rogério Dutra Silva (96º) já entraram direto na chave principal do Grand Slam em Melbourne.

FEMININO
Se Clezar caiu entre os homens, Paula Gonçalves e Teliana Pereira deram adeus nesta sexta-feira ao sonho de ingressar na chave principal feminina de simples deste Aberto da Austrália. A primeira delas, que é a atual número 1 do Brasil e figura em 170º lugar no ranking mundial, foi derrotada pela bielo-russa Aliaksandra Sasnovich, número 116 do mundo, por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/3, pela segunda rodada do qualifying.

Já Teliana Pereira, hoje 204ª colocada da WTA, foi batida pela alemã Mona Barthel, 150ª do ranking, por 2 sets a 0, com 6/0 e 6/4, também pela segunda fase do qualificatório para a chave principal.

Antes destas eliminações, Paula havia estreado com vitória sobre a suíça Conny Perrin, 213ª colocada da WTA, por duplo 6/4, enquanto Teliana abriu campanha passando fácil pela japonesa Miyu Kato (186ª) por 6/3 e 6/1. Assim, o Brasil não contará com nenhuma representante na chave feminina de simples em Melbourne.