NBA: Warriors bate o Minnesota Timberwolves e alcança 11ª vitória seguida

Stephen Curry, Klay Thompson e Kevin Durant sobraram em quadra, comandando o time em mais um triunfo

por Agência Estado

Campinas, SP, 27 - Depois de um início oscilante, o Golden State Warriors volta a ostentar a fama de imbatível na NBA. Na noite de sábado, o atual vice-campeão da liga norte-americana de basquete venceu sua 11.ª partida consecutiva, fazendo 115 a 102 no Minnesota Timberwolves, em casa, em Oakland.

A partida foi equilibrada até o intervalo, com o Timberwolves liderando por alguns minutos e abrindo seis pontos de folga. Quando Stephen Curry e companhia resolveram jogar, porém, não teve para ninguém. A partida acabou com 34 pontos do armador, 23 de Klay Thompson e 28 de Kevin Durant.

Essa forte sequência, é verdade, uma hora vai pagar seu preço. Diante do Wolves, todos os três astros ficaram em quadra entre 37 e 38 minutos, descansando apenas 10. Draymond Green, que também vinha de partidas assim, machucou o tornozelo e não jogou.

A ausência do pivô titular rodou o elenco e até Anderson Varejão teve espaço. O brasileiro jogou por quatro minutos, marcando dois pontos. Com ele em quadra, porém, o Wolves foi melhor que o Warriors. Foi só a quarta participação de Varejão na temporada.

Com 11 vitórias seguidas, o Warriors já tem 15 em 17 jogos, em primeiro na classificação geral. A equipe ainda faz quatro partidas relativamente fáceis em casa antes de iniciar uma viagem que, aí sim, pode causar problemas, inclusive com duelo contra o Los Angeles Clippers, vice-líder do Oeste.

JOGANDO MUITO
Outro que está sobrando na temporada é Russell Westbrook, de longe o jogador mais eficiente até aqui. No sábado, o Oklahoma City Thunder fez 106 a 88 no Detroit Pistons e ele fez 17 pontos, pegou 13 rebotes e deu 15 assistências. Foi seu sétimo 'triple-double' na temporada.

Se continuar com essa média, tem tudo para assumir o segundo lugar histórico no ranking da NBA nesta estatística em uma só temporada, atrás só de Oscar Robertson (41 na temporada 1961/62). Desde 1974, aliás, ninguém consegue mais que 18. Só chegaram tão longe Magic Johnson, em 1981/82 e o próprio Westbrook, na temporada passada.

Assim, hoje o armador do Thunder aparece em segundo nas estatísticas de pontos (31,2) ao mesmo tempo em que é o segundo que mais assistências dá (11,2). Em rebotes, tem 9,9, em 13.º lugar. Carregado nas costas por Westbrook, o Thunder tem campanha positiva, com 10 vitórias e oito derrotas, em sexto no Oeste.

Outro que faz grande temporada é Kristaps Porzingis, o letão do New York Knicks, que fez mais 25 pontos na noite de sábado. Apesar de Carmelo Anthony e Derrick Rose ainda terem marcado 18 pontos cada, o New York Knicks foi surpreendido pelo Charlotte Hornets, na casa do rival. Kemba Walker, com 28 pontos, foi o melhor da partida.

Já o San Antonio Spurs está se virando bem na primeira temporada sem Tin Duncan. A equipe da Califórnia chegou à sua 13.ª vitória (contra três derrotas) ao vencer o Washington Wizards por 112 a 100, na capital norte-americana.

Confira os resultados de sábado na NBA:

Washington Wizards 100 x 112 San Antonio Spurs

Charlotte Hornets 107 x 102 New York Knicks

Oklahoma City Thunder 106 x 88 Detroit Pistons

Miami Heat 107 x 110 Memphis Grizzlies

Golden State Warriors 115 x 102 Minnesota Timberwolves

Acompanhe os jogos deste domingo na NBA:

Philadelphia 76ers x Cleveland Cavaliers

Phoenix Suns x Denver Nuggets

Brooklyn Nets x Sacramento Kings

Orlando Magic x Milwaukee Bucks

Indiana Pacers x Los Angeles Clippers

Dallas Mavericks x New Orleans Pelicans

Portland Trail Blazers x Houston Rockets

Los Angeles Lakers x Atlanta Hawks