Basquete: Miami Heat anuncia que vai aposentar a camisa 32 de Shaquille O'Neal

O anúncio foi feito nesta segunda-feira pela franquia da Flórida

por Agência Estado

São Paulo, SP - Um dos melhores pivôs da história da NBA, Shaquille O'Neal terá sua camisa aposentada pela segunda vez na liga norte-americana. Depois do Los Angeles Lakers, será a vez do Miami Heat contemplá-lo com esta honraria. O anúncio foi feito nesta segunda-feira pela franquia da Flórida.

Segundo comunicado divulgado pelo Heat, a homenagem acontecerá no dia 22 de dezembro, no intervalo justamente do duelo diante do Lakers na American Airlines Arena. Se na franquia californiana ele teve o número 34 aposentado, em Miami ninguém mais usará a camisa 32, em sua homenagem.

O'Neal foi contratado pelo Heat junto ao Lakers em 2004, e lá atuou por três temporadas e meia. Ao lado de Dwyane Wade, o pivô foi fundamental na conquista do primeiro título da história da franquia, na temporada 2005/2006, quando derrotou o Dallas Mavericks na final.

Com isso, O'Neal entra para um seleto grupo de jogadores com camisas aposentadas em mais de uma franquia. Ele também se junta a Alonzo Mourning e Tim Hardaway, que tiveram os números 33 e 10, respectivamente, retirados em suas homenagens. O Heat ainda tem a camisa 23 aposentada em tributo a Michael Jordan por sua "contribuição ao basquete".

Nas três temporadas inteiras em que atuou pelo Heat, O'Neal levou a franquia aos playoffs. Em 2008, foi trocado para Phoenix Suns, e depois passou por Cleveland Cavaliers e Boston Celtics antes de encerrar a carreira, que começou em 1992 no Orlando Magic.

Jogador mais dominante da NBA no início dos anos 2000, O'Neal tem quatro títulos no currículo - venceu também três vezes seguidas com o Lakers, de 2000 a 2002, sendo o MVP em todas. Foi também eleito o MVP (jogador mais valioso) da temporada 1999/2000 e atuou 15 vezes no All-Star Game. Em abril, foi oficializado no Hall da Fama do Basquete.