Fórmula 1: Perto de adeus, Massa prevê prova 'emocional' e sonha com 'grande resultado'

O piloto brasileiro faz, no domingo, sua última prova na categoria

por Agência Estado

Campinas, SP, 22 (AFI) - A poucos dias de disputar, no próximo domingo, a sua última corrida como piloto de Fórmula 1, Felipe Massa reconheceu que será muito difícil segurar a emoção no GP de Abu Dabi, que fechará essa temporada no circuito de Yas Marina, onde o alemão Nico Rosberg e o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, lutarão para conquistar o título de 2016.

Há menos de duas semanas, no GP do Brasil, o piloto da Williams acabou batendo o seu carro durante a prova, na entrada da reta dos boxes, e o fato proporcionou um dos momentos mais emocionantes da história da F-1. Ao percorrer andando (e chorando) o caminho até os boxes de sua equipe no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, ele foi aplaudido de pé pelos integrantes de todas os times do grid, que reconhecerem a história do piloto que conquistou 11 vitórias e disputou 249 corridas na categoria máxima do automobilismo.

Agora, porém, a emoção deverá ser ainda mais forte para Massa, pois serão as suas últimas voltas na Fórmula 1 e certamente um longo "filme" passará pela cabeça do piloto durante a corrida, que será o desfecho de uma longa caminhada que começou lá atrás, no kart, onde deu os primeiros passos até chegar à elite do automobilismo em 2002, pela Sauber, que ele defendeu também em 2004 e 2005. Antes disso, Massa foi piloto de testes da Ferrari, que depois viria a contratá-lo como piloto titular, posto que ele ostentou entre 2006 e 2013, antes de passar a correr pela Williams em 2014.

"Vai ser outra prova emocional", admitiu o brasileiro, que ao mesmo tempo lembrou que terá de fazer um esforço para se concentrar e não deixar que o lado emocional o atrapalhe. "Você tenta não pensar muito sobre isso quando está no carro, você apenas tenta fazer o melhor trabalho possível que puder", completou.

E embora hoje Massa esteja longe de viver um bom momento pela Williams, ele espera poder fazer uma corrida expressiva para deixar uma boa impressão nesta sua despedida da F1. "Eu realmente espero que o final e o 250º GP em minha carreira na Fórmula 1 possam ser fantásticos. Nós teremos naturalmente uma grande festa. Espero que possamos celebrá-la com um grande resultado", sonha.

Massa, porém, terá de exibir um desempenho bem melhor do que o conseguido nas últimas corridas para poder comemorar algo expressivo em Abu Dabi. Com 51 pontos, ele é apenas o 11º colocado do Mundial de Pilotos, enquanto o seu companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas, já contabiliza 85 no oitavo lugar.