Tênis: Croácia ganha na duplas, faz 2 a 1 na Argentina e fica perto do título

A Croácia está em busca do seu segundo título na Copa Davis, sendo que o primeiro aconteceu em 2005 diante da Eslováquia

por Agência Estado

São Paulo, SP, 26 - Com autoridade, a Croácia está na frente na grande final da edição de 2016 da Copa Davis. Neste sábado, na Arena Zagreb, na capital croata, os donos da casa contaram com mais uma grande atuação de Marin Cilic e Ivan Dodig para fazer 2 a 1 na série melhor-de-cinco da decisão. Em 2 horas e 42 minutos de partida, os dois tenistas derrotaram Juan Martin del Potro e Leonardo Mayer por 3 sets a 0 - com parciais de 7/6 (7/2), 7/6 (7/4) e 6/3.

A Croácia está em busca do seu segundo título na Copa Davis, sendo que o primeiro aconteceu em 2005 diante da Eslováquia. Já a Argentina é o país que mais vezes chegou à final sem ter conquistado o título até agora. Os sul-americanos ficaram com o vice nas quatro vezes anteriores em que decidiram a competição.

Neste domingo, Marin Cilic entra em quadra às 11 horas (de Brasília) na primeira tentativa croata de fechar a série. O rival será Juan Martin del Potro e o retrospecto é favorável ao argentino, que lidera por 8 a 2, mas o número 6 do mundo se ampara em seu bom histórico de simples na Copa Davis, com 22 vitórias e apenas nove derrotas. Caso seja necessário, o quinto jogo será entre o local Ivo Karlovic e Federico Delbonis.

Juntos, Marin Cilic e Ivan Dodig - ex-parceiro fixo do brasileiro Marcelo Melo - já haviam superado os irmãos gêmeos Bob e Mike Bryan nos Estados Unidos pelas quartas de final, quando a Croácia havia perdido os dois jogos da sexta-feira. Já nas semifinais, eles superaram a forte dupla francesa de Nicolas Mahut e Pierre Hugues Herbert, então líderes no ranking da temporada.

Devido à grande importância da partida após empate em 1 a 1 no primeiro dia, os capitães de ambas as equipes alteraram as formações inicias para o duelo. No lado croata, Marin Cilic entrou na vaga que seria de Franko Skugor. Na Argentina, Juan Martín del Potro substituiu Guido Pella. Os dois atletas escalados de última hora haviam vencido as suas partidas de simples.

Os dois primeiros sets foram muito disputados e ambos acabaram sendo decididos no tie-break. E em ambas as oportunidades, os croatas elevaram o nível para ficar com o triunfo. Na última parcial, uma quebra no sexto game foi fundamental para os croatas encaminharem o triunfo.