Tênis: Tsonga e Monfils vencem e Cilic cai em Xangai; Soares avança após abandono

Em duelo equilibrado, com quase duas horas de duração, Cilic e Zverev alternaram bons e maus momentos no saque

por Agência Estado

Campinas, SP, 11 - Dois dos principais cabeças de chave do Masters 1000 de Xangai, o francês Gael Monfils e o croata Marin Cilic tiveram destinos opostos nesta terça-feira. Enquanto Monfils estreou com vitória, o campeão do US Open de 2014 foi eliminado logo em sua primeira partida na quadra dura da competição chinesa.

Cilic levou uma dolorosa virada do alemão Alexander Zverev, sensação da temporada. O jovem tenista, de apenas 19 anos, exibir forte poder de recuperação ao derrubar o favorito por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/2.

Em duelo equilibrado, com quase duas horas de duração, Cilic e Zverev alternaram bons e maus momentos no saque - Zverev oscilou mais, com sete aces e seis duplas faltas. Cada um faturou três quebras de serviço na partida. Porém, o alemão foi mais efetivo nos momentos mais importantes do jogo, principalmente no terceiro set.

Com a derrota, Cilic, atual 11º do mundo, se despediu de forma precoce da competição mais importante do giro asiático, nesta segunda metade da temporada. Já Zverev segue vivo na chave. E, nas oitavas de final, terá pela frente o francês Jo-Wilfried Tsonga, que avançou em sets diretos contra o sérvio Janko Tipsarevic, com parciais de 6/3 e 7/6 (8/6). Atual vice-campeão em Xangai, Tsonga fez sua segunda partida desde o US Open.

Outro francês a se destacar nesta terça foi Gael Monfils. O sexto cabeça de chave derrotou o sul-africano Kevin Anderson por 7/6 (7/4) e 6/3. Buscando somar pontos para assegurar sua presença no ATP Finals, que reunirá os oito melhores tenistas da temporada em Londres, em novembro, Monfils vai encarar nas oitavas o vencedor do duelo entre o belga David Goffin e o francês Benoit Paire.

DUPLAS
O brasileiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray não precisaram suar para vencer na estreia na chave de duplas em Xangai. Os dois avançaram direto às quartas de final nesta terça porque os espanhóis David Ferrer e Roberto Bautista Agut desistiram antes do início do confronto. Seus próximos adversários ainda não foram definidos.

Soares e Murray tentam recuperar em Xangai o bom ritmo exibido no US Open, quando se sagraram campeões. Eles não tiveram sucesso na competição seguinte ao grande título. Caíram na segunda partida no Torneio de Tóquio, no Japão, na semana passada.