UFC: Ronda Rousey fará seu retorno em luta contra Amanda Nunes no fim do ano

A "Leoa", como é conhecida da brasileira, foi a protagonista do maior evento da história do UFC, em sua 200.ª edição

por Agência Estado

Campinas, SP, 12 - A brasileira Amanda Nunes fará sua primeira defesa de cinturão do peso galo contra Ronda Rousey no UFC 207, que está marcado para 30 de dezembro, em Las Vegas. A confirmação da luta foi feita pelo presidente do UFC, Dana White.

A "Leoa", como é conhecida da brasileira, foi a protagonista do maior evento da história do UFC, em sua 200.ª edição, quando se tornou a primeira atleta do País campeã da principal organização do MMA ao derrotar Miesha Tate, então detentora do cinturão peso galo.

"Ronda Rousey foi considerada por muito tempo a melhor lutadora do peso galo. Teve uma grande derrota, mas ela ainda é Ronda Rousey. Derrotas ou vitórias acontecem...", disse Dana em entrevista à Fox Sports americana.

Com um cartel de 13 vitórias e quatro derrotas, Amanda Nunes já havia afirmado que gostaria de encarar Ronda. Já a norte-americana não entra no octógono desde novembro do ano passado, quando foi nocauteada por Holly Holm e perdeu o cinturão e sua invencibilidade de 12 lutas do UFC.

RONDA X CYBORG
Na mesma entrevista, o chefão do UFC disse que estuda o tão aguardado confronto entre Ronda e a brasileira Cris Cyborg. "Cyborg quer essa luta e Ronda quer essa luta também. O plano de Ronda agora é voltar e recuperar o seu cinturão. Se ela conseguir, a luta entre ela e Cris Cyborg acontecerá com certeza". No entanto, o dirigente não entrou em detalhes sobre qual peso este confronto ocorreria.