Fórmula 1: Ferrari faz escolha mais agressiva na definição dos pneus para o GP dos EUA

O finlandês Kimi Raikkonen e o alemão Sebastian Vettel selecionaram sete jogos de compostos supermacios

por Agência Estado

Campinas, SP, 11 - A Pirelli anunciou nesta terça-feira quais foram as escolhas de pneus das equipes e seus pilotos para a próxima etapa da temporada 2016 da Fórmula 1, o GP dos Estados Unidos. E quem fez a aposta mais agressiva entre os principais times do grid - Mercedes, Ferrari e Red Bull - foi a escuderia italiana.

O finlandês Kimi Raikkonen e o alemão Sebastian Vettel selecionaram sete jogos de compostos supermacios, os mais rápidos, mas que se desgastam mais rapidamente, cinco dos macios e apenas um dos médios, os mais duráveis que os pilotos terão à disposição para o fim de semana no Circuito das Américas, em Austin.

A Red Bull, que abriu boa vantagem, de 50 pontos, para a Ferrari na luta pelo vice-campeonato do Mundial de Construtores, seguiu caminho quase inverso, com quatro jogos de compostos médios, três dos macios e seis dos supermacios.

O finlandês Kimi Raikkonen e o alemão Sebastian Vettel selecionaram sete jogos de compostos supermacios
O finlandês Kimi Raikkonen e o alemão Sebastian Vettel selecionaram sete jogos de compostos supermacios
ESCOLHAS DIFERENTES
Já os pilotos da Mercedes, equipe que faturou no último fim de semana o título do campeonato, fizeram escolhas diferentes. Líder do Mundial de Pilotos, o alemão Nico Rosberg selecionou dois jogos dos pneus médios, cinco dos macios e seis do supermacios. Já o inglês Lewis Hamilton, atual bicampeão mundial, terá à disposição três dos médios, quatro dos macios e seis dos supermacios.

O brasileiro Felipe Massa, da Williams, escolheu dois médios, quatro macios e sete supermacios, enquanto Felipe Nasr, da Sauber, selecionou um jogo de pneus médios, cinco dos macios e sete dos supermacios.

O GP dos Estados Unidos será a 18ª etapa das 21 previstas para a temporada 2016 da Fórmula 1 e está marcado para 23 de outubro. Hamilton venceu a prova no ano passado.