Tênis: Thiago Monteiro é facilmente batido por belga Goffin no início de duelo da Davis

Brasileiro perdeu por 3 sets a 0, no segundo jogo da série, Thomaz Bellucci vai encarar Steve Darcis

por Agência Estado

Campinas, SP, 16 - Começou com derrota a tentativa do Brasil de voltar a jogar na elite da Copa Davis. Nesta sexta-feira, na abertura do confronto com a Bélgica pelos playoffs, Thiago Monteiro foi facilmente superado por David Goffin por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/2 e 6/0, em 1 hora e 38 minutos, na Sleuyter Arena, em Ostend.

O duelo desta sexta-feira representou a primeira participação de Thiago Monteiro, o número 101 do mundo, na Davis. E o brasileiro não teve qualquer chance de ameaçar a fácil vitória de Goffin, o número 1 da Bélgica e 14º colocado no ranking da ATP.

Agora, ainda nesta sexta-feira, o Brasil vai tentar se reabilitar na série diante dos belgas. No segundo jogo da série, Thomaz Bellucci, o número 79 do mundo, vai encarar Steve Darcis, o 103º colocado do ranking, em duelo vital para as pretensões do País de voltar a jogar na elite da Davis em 2017.

Thiago Monteiro foi facilmente derrotado nos playoffs da Copa Davis (Foto: Luiz Pires/Fotojump)
Thiago Monteiro foi facilmente derrotado nos playoffs da Copa Davis (Foto: Luiz Pires/Fotojump)
EXPLICAÇÃO!
Alguns números do confronto explicam a superioridade de Goffin na partida com Monteiro. O belga disparou 17 winners contra apenas sete do brasileiro, que ainda cometeu 38 erros não forçados, 21 a mais do que o seu adversário. Além disso, Goffin aproveitou sete dos 11 break points que teve, enquanto o brasileiro não converteu nenhum dos três que obteve, sendo dois deles no último set.

Monteiro até equilibrou o início do duelo, apostando em um jogo mais agressivo, tanto que confirmou os seus dois primeiros games de serviço, mas depois o belga sobrou em quadra e aplicou 6/2 no set inicial.

Na parcial seguinte, as duas quebras de saque de Goffin vieram mais cedo, no terceiro e quinto games, mostrando que a estratégia de Monteiro de passar a tentar alongar os pontos não deu certo, tanto que ele só fez 12 em toda a parcial e voltou a ser batido por 6/2.

O terceiro set na quadra dura e coberta foi um passeio para Goffin. O belga conseguiu três quebras de saque rapidamente, levou um susto no sexto game, quando salvou dois break points, e aplicou 6/0, fechando o jogo com um "pneu" e abrindo vantagem de 1 a 0 no duelo com o Brasil pelos playoffs do Grupo Mundial da Davis.