Rio 2016: Joaninha voa na piscina, fatura bronze e conquista 3ª medalha na Paralimpíada

Bastante emocionada, ela vibrou com o carinho do público, que nas arquibancadas gritou "Joana, Joana" e a empurrou durante toda a prova

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 17 - Joana Neves, a Joaninha, nadadora da classe S5 e que tem 1,23m de altura, foi gigante na piscina do Estádio Aquático nos Jogos Paralímpicos e conquistou neste sábado o bronze nos 100m livre, sua terceira medalha na competição - ela ganhou duas pratas, nos 50m livre e no revezamento 4x50m 20 pontos. "Tive um aproveitamento de 100%. Saio da competição como a única mulher do Brasil na natação com duas medalhas individuais", disse.

Bastante emocionada, ela vibrou com o carinho do público, que nas arquibancadas gritou "Joana, Joana" e a empurrou durante toda a prova. "Eu ouvia os gritos, mas não sabia se estava ganhando ou perdendo. Só pensei em nadar cada vez mais forte", afirmou a atleta, que nos Jogos de Londres, em 2012, conquistou um bronze nos 50m borboleta.

Aos 29 anos, ela já mira um novo ciclo olímpico e começa a apostar suas fichas no Mundial do próximo ano. Mas sabe que não terá a mesma força da torcida. "Aqui no Rio foi incrível. As pessoas ficavam gritando meu nome e parecia que eram da minha família. É gratificante poder competir assim", confessou. "Fechei a Paralimpíada com um bronze, mas com chave de ouro."