Tênis: ITF propõe novo processo para determinar palco da final da Davis por antecipação

A ITF avaliará se selecionará uma cidade-sede de um mercado emergente, o que potencialmente pode oferecer retornos financeiros maiores

por Agência Estado

Campinas, SP, 21 - A Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês) pretende implementar algumas mudanças nas competições por equipes - a Copa Davis e a Fed Cup. E a principal pauta dessa reformulação deverá ser a realização de um processo de escolha das sedes da final dos torneios.

A ITF vai lançar um processo de licitação em dezembro, embora o órgão ainda tenha que determinar se a mesma cidade vai sediar competições as finais das competições dos homens - Copa Davis - e das mulheres - a Fed Cup.

Atualmente, um dos finalistas decide o local de realização da final da Davis. A Croácia agora está à procura de uma sede para receber a Argentina na decisão agendada para novembro.

"Tendo um ano ou dois para planejar podemos fazer mais para os patrocinadores e os fãs com um estádio que tenha um tamanho adequado", disse o presidente da ITF, David Haggerty, acrescentando que a cidade escolhida poderia sediar o confronto decisivo por dois ou três anos seguidos.

A ITF avaliará se selecionará uma cidade-sede de um mercado emergente, o que potencialmente pode oferecer retornos financeiros mais elevados, ou um dos tradicionais palcos do tênis, onde o público poderia ser maior.

"É um ato de equilíbrio, nos certificando de obter propostas a partir de um número de diferentes cidades para que possamos fazer comparações", disse Haggerty em entrevista à agência de notícias The Associated Press. "Nossa missão realmente é desenvolver, crescer e promover o tênis ao redor do mundo. Então, vamos tomar muito cuidado".

OUTROS EXEMPLOS
A final da Liga dos Campeões da Europa e o Super Bowl, a final da NFL, são os principais eventos esportivos realizados em campo neutro e estão servindo como uma inspiração para a ITF.

As alterações propostas para a Davis e a Fed Cup devem ser aprovados pela assembleia geral da ITF. A federação também avalia a possibilidade de reduzir a decisão da Davis para dois dias de confronto, com jogo de três sets. Além disso, a Fed Cup poderia ser ampliada para 16 equipes, como ocorre com a Davis.