Rio 2016: Brasil fatura bronze no goalball masculino, mas feminino fica sem medalha

Mas nem por isso a conquista foi menos comemorada nesta sexta, até pela emoção da partida

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 16 - O goalball brasileiro celebrou nesta sexta-feira uma medalha paralímpica nos Jogos do Rio. No masculino, a seleção do País derrotou a Suécia por 6 a 5, na prorrogação, e conquistou o bronze. No feminino, no entanto, a equipe da casa foi derrotada na disputa do terceiro lugar pelos Estados Unidos, por 3 a 2, e ficou fora do pódio.

Apenas um dia depois de cair para os Estados Unidos na semifinal, o time masculino se reergueu e buscou mais uma medalha paralímpica, a segunda do Brasil na história dos Jogos. O bronze no Rio, no entanto, ficou um degrau abaixo da medalha de prata conquistada em Londres há quatro anos.

Mas nem por isso a conquista foi menos comemorada nesta sexta, até pela emoção da partida. O Brasil saiu em desvantagem e virou o primeiro tempo perdendo por 3 a 0. Na etapa final, no entanto, Leomon Moreno marcou três gols e decretou o empate por 4 a 4. Somente na segunda prorrogação, os donos da casa conseguiram o triunfo, graças a mais um gol de Moreno.

Na disputa feminina, a seleção também começou mal e viu os Estados Unidos abrirem 2 a 0. Ana Carolina ainda diminuiu, mas no segundo tempo Armbruster praticamente assegurou o bronze norte-americano. O gol de Victoria Amorim já na reta final serviu apenas para diminuir a vantagem e selar o 3 a 2.