Série B: Elenco do Oeste promete mudança de postura para encerrar jejum de dez jogos

A última vitória do Rubrão no campeonato foi na 18ª rodada, quando bateu o Paysandu, por 1 a 0, em casa

por Agência Futebol Interior

Itápolis, SP, 17 (AFI) - Quando um time fica dez jogos sem ganhar é porque algo está errado e precisa passar por mudanças para encerrar o jejum. Namorando com a zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B, o Oeste pode figurar entre os quatro piores em caso de um novo tropeço contra o Bahia no próximo sábado. O elenco rubronegro promete mudar a postura para isso não acontecer.

"Temos que trabalhar bastante. Colocamos o time em uma situação complicada e depende de nós sair dessa sequência ruim. Precisamos trabalhar ainda mais e mudar nossa postura para começar a ganhar jogos", comentou o meia Matheus Vargas, que marcou o gol de empate com o Sampaio Corrêa nos minutos finais. A partida realizada na última terça-feira terminou em 1 a 1.

Jogadores do Oeste sabem que precisam mudar a postura para reencontrarem a vitória
Jogadores do Oeste sabem que precisam mudar a postura para reencontrarem a vitória
E trabalho é o que não falta para o Oeste. A delegação se reapresentou na quarta em Osasco e Fernando Diniz já começou a pensar em possibilidades para escalar o Rubrão diante do Bahia. O treinador tem mais quatro dias antes de atividades antes do importante duelo.

A última vitória do Oeste na Série B foi na 18ª rodada, quando bateu o Paysandu, por 1 a 0, em casa. De lá para cá, o time comandado por Fernando Diniz entrou em campo mais dez vezes, acumulando quatro empates e seis derrotas.

Por conta dessa sequência negativa, o Oeste está na 16ª colocação, com 33 pontos, três a mais que o Bragantino, primeiro time da zona de rebaixamento.