Copa SP: Técnico e jogadores exaltam campanha do Novorizontino: 'Fomos corajosos'

O time foi eliminado nos pênaltis para o atual campeão brasileiro sub-20 e não perdeu nenhuma partida

por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 13 (AFI) - O Grêmio Novorizontino foi guerreiro durante os 90 minutos de jogo e fez uma grande partida contra o atual Campeão Brasileiro Sub-20, mas não deu. O Tigre se despediu da Copa São Paulo de Futebol Júnior, após perder para o Botafogo por 4 a 3 nas cobranças de pênaltis.

A partida foi bastante disputada e com as duas equipes buscando gol a todo momento. O Botafogo saiu na frente do placar na primeira etapa, com Igor Cássio. No segundo tempo, o Novorizontino foi para cima e chegou com perigo em várias oportunidades. Numa cobrança de falta perfeita, Gabriel empatou o jogo e levou a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, o Botafogo errou um e o Tigre do Vale desperdiçou dois e foi eliminado.

O zagueiro Rique, um dos destaques do Novorizontino na Copa São Paulo e no jogo contra o Botafogo, definiu a partida dos seus companheiros com uma palavra.

“Coragem. Nosso time foi corajoso em ir para cima deles. Nossa proposta no início era esperar para dar o combate, não funcionou. No segundo tempo tivemos outra postura e conseguimos, além do gol de empate, criar chances para virar. Infelizmente não deu e perdemos nos pênaltis”, afirmou.

ELOGIOS DO TREINADOR
Para o técnico Willian Sander, os meninos estão de parabéns. “Eu saio muito contente. Fizemos uma campanha muito consistente e fomos eliminados pelo atual campeão Brasileiro. Fico feliz pelo desempenho e a postura que eles tiveram neste jogo, foram profissionais ao extremo. São jogadores jovens, que vão seguir trabalhando e em breve estarão no cenário nacional”, falou o treinador.

O Grêmio Novorizontino se despede da Copinha de forma invicta, com duas vitórias e três empates. O atacante Gabriel, foi o artilheiro da equipe com três gols. O Botafogo segue na competição e em Novo Horizonte, onde enfrenta o Mirassol no próximo sábado (14), ainda sem horário definido.