Paulista Sub 15 e Sub 17: Novorizontino comemora melhor campanha de sua história

"Ainda temos muito o que produzir, mas podemos ver que estamos no caminho certo", disse o presidente do clube

por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 19 (AFI) - Com a confirmação da classificação da equipe sub-15 ao mata-mata do Campeonato Paulista no último sábado (15), o Grêmio Novorizontino confirmou a melhor campanha da história do clube nas categorias de base com as duas equipes na fase final da competição e entre as oito melhores do Estado.

O time sub-17, que ficou 21 jogos invicto, acumula bons números no campeonato. Os comandados de Mário Henrique, que tem como seu auxiliar Rafael Stucchi, tem um aproveitamento de 80%. São 24 jogos, 18 vitórias, duas derrotas e quatro empates. O ataque soma 55 gols e a defesa tomou 18, um saldo positivo de 37. A equipe conquistou 58 pontos de 72 possíveis e se classificou em primeiro lugar nas três fases do campeonato.

“Atribuímos isso ao trabalho que a gente vem tendo ao longo do ano, à entrega dos profissionais que aqui estão, o comprometimento da diretoria, enfim, tudo isso fez gerar com que os atletas tivessem o melhor resultado possível dentro das quatro linhas”, diz Mário.

GRANDE CAMPANHA
A equipe sub-15, que se garantiu no mata-mata ao vencer o Botafogo-SP por 2 a 0, se manteve 19 partidas invicta no Paulista. Com um aproveitamento de 75%, o time comandado por Odair Patriarca e auxiliado por Carlos Magno, tem números expressivos. Ao todo, são 24 jogos, 16 vitórias, duas derrotas e seis empates. Foram 54 gols a favor e 13 contra, um saldo positivo de 41 gols. O time conquistou 54 pontos de 72 possíveis.

A equipe sub-15, que se garantiu no mata-mata ao vencer o Botafogo-SP por 2 a 0, se manteve 19 partidas invicta no Paulista - Foto: Grêmio Novorizontino
A equipe sub-15, que se garantiu no mata-mata ao vencer o Botafogo-SP por 2 a 0, se manteve 19 partidas invicta no Paulista
“Ficamos muito felizes com esses números, mas nossa história ainda não terminou. Fora e dentro de campo eles se gostam, e o resultado acaba chegando dentro da competição. Acho que isso foi o que tornou essa equipe mais forte”, diz Odair.

TRABALHO E PLANEJAMENTO
Para o presidente do Novorizontino, Genilson da Rocha Santos, tudo que está acontecendo é fruto muito trabalho. “As equipes de base vem buscando isso há alguns anos. É um conjunto que cada vez mais vem se aperfeiçoando e os frutos vão aparecendo. A gente sabe que isso é apenas o começo, ainda temos muito o que produzir, mas podemos ver que estamos no caminho certo.”

O Coordenador das Categorias de Base, Marildo Ferreira Campos, reforça o discurso do presidente. “Acredito que seja uma somatória de segmentos que tornou tudo isso possível. O trabalho envolve muita gente, diretoria, comissão técnica, corpo multidisciplinar, jogadores, enfim, é a soma de todos esses profissionais, que nos dá sustentação e faz com que o resultado apareça dentro de campo.”